Após Live Sertaneja com excesso de cachaça, Gusttavo Lima pode ser processado pelo CONAR

0

O CONAR abriu uma representação ética contra ações publicitárias feitas pelo cantor sertanejo Gusttavo Lima em sua Live Sertaneja

A live sertaneja de Gusttavo Lima e a AMBEV, cervejaria patrocinadora da transmissão, são alvos de uma representação movida pelo CONAR (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária).

Siga o Movimento Country no Instagram e acompanhe as principais notícias

A representação contra o artista foi aberta nesta terça-feira (14), após dezenas de denúncias de internautas, envolvendo desde a falta de mecanismo para o acesso de menores de idade até o consumo excessivo de bebida alcoólica pelo músico. O excesso de bebedeira foi abordado pelo Movimento Country na última segunda-feira (13), o que poderia ser considerado um estímulo ao consumo irresponsável do produto.

A representação foi aberta a partir de denúncias recebidas de dezenas de consumidores, que consideraram que as ações publicitárias carecem de cuidados recomendados pelo Código Brasileiro de Autorregulamentação Publicitária para a publicidade de bebidas alcoólicas. A denúncia cita a falta de mecanismo de restrição de acesso ao conteúdo das lives a menores de idade e a repetida apresentação de ingestão de cerveja, em potencial estímulo ao consumo irresponsável do produto“, diz a nota.

O cantor e a Ambev terão agora 20 dias para apresentar defesa, se assim quiserem. Caso o Conar entenda que houve irregularidade, as penas podem ser a alteração da peça publicitária, neste caso alteração da live, e advertência aos responsáveis.

Gusttavo Lima faz desabafo nas redes sociais

O cantor sertanejo usou as redes sociais na tarde de hoje para fazer um desabado. No Twitter o cantor postou a seguinte mensagem.

Os artistas estão procurando uma forma de interagir com os fãs e com o público em quarentena por meio das lives. Estamos prestando um grande serviço social por meio dessas lives. Além de shows ao vivo, estamos arrecadando e fazendo doações para entidades e pessoas carentes que neste momento passam por extrema necessidade… Estamos dividindo as nossas intimidades, mostrando ao público como é nossa vida fora dos palcos, compartilhando momentos únicos!!! Àqueles que só criticam e não ajudam em NADA, vai um conselho: não precisam ajudar, mas não atrapalhem quem está procurando ajudar nossos irmãos necessitado.” concluiu o sertanejo

 

No último sábado os fãs do cantor sertanejo Gusttavo Lima tiveram que esperar mais de meia hora a entrada do cantor sertanejo ao vivo pelo YouTube. O marido de Andressa Suita realizou sua segunda live depois do isolamento social com a expectativa de ultrapassar os números recodes de Marília Mendonça. A cantor atingiu a marca recorde no YouTube mundial com mais de 3.2 milhões de acessos simultânros.

Clique aqui para receber as notícias no seu Messenger

Além do atraso o que chamou a atenção na transmissão que furou mais de sete horas, foi o excesso de álcool consumido e o merchadising de várias empresas que associaram sua marca a a transmissão do Gusttavo Lima.

Durante o show, transmitido ao vivo de sua fazenda em Goiás, o cantor ele falou muitos palavrões, bebeu muito: cachaça, cerveja, gin e em determinado momento da transmissão era possível perceber que o cantor mal conseguia ficar equilibrado.

Essas atitudes do Gusttavo Lima não agregam nada em sua carreira e expões de forma negativa para os seus fãs e suas empresas. Quem vai querer um garoto propagando alcoolatra, ligado à sua marca? Só as cervejarias! Mas até quando?” Alegou um famoso produtor sertanejo ao Movimento Country, que preferiu não ter seu nome identificado.

Deixe uma resposta