Um show do cantor sertanejo Eduardo Costa virou alvo de uma ação judicial contra um prefeito por possível cachê superfaturado

Na última terça-feira (7), o juiz Humberto Resende Costa emitiu uma determinação para que a Prefeitura de Feliz Natal, localizada a 530 km de Cuiabá, seja intimada a justificar, em um prazo de 72 horas, o pagamento de um cachê no valor de R$ 600 mil ao cantor sertanejo Eduardo Costa.

Segundo informações do site Folha Max, a decisão surge em resposta a uma ação popular apresentada na Comarca, alegando possíveis irregularidades no montante acordado, uma vez que, para efeito de comparação, um município do interior da Bahia, com uma população três vezes superior à de Feliz Natal, desembolsou R$ 350 mil pelo cachê do renomado artista sertanejo.

Além disso, a petição inicial destaca que outros municípios de Mato Grosso, com uma população mais expressiva, contrataram atrações igualmente reconhecidas do gênero sertanejo por valores inferiores.

Após a apresentação da defesa pela Prefeitura de Natal, o Ministério Público de Mato Grosso deverá se manifestar sobre o caso. Posteriormente, o juiz decidirá sobre o pedido de liminar que visa a suspensão do show devido aos indícios de superfaturamento.

O espetáculo do cantor sertanejo Eduardo Costa está agendado para o dia 4 de setembro, como parte da 11ª edição da Expofeliz, uma feira agropecuária e comercial realizada no município. Além da apresentação de Eduardo Costa, já foram firmados contratos para performances no evento pela dupla sertaneja Humberto e Ronaldo e pela cantora Manu Bahtidão.

“Avaliando todo o conjunto documental da inicial, seria temerário conceder a medida solicitada sem a devida manifestação do município de Feliz Natal/MT. Portanto, me resguardo de tomar qualquer decisão até que a prefeitura preste as informações pertinentes, em consonância com os princípios do contraditório e da ampla defesa”, detalhou o juiz ao intimar o prefeito Toni Dubiela (MDB).

Esposa de Eduardo Costa detalha exigências no casamento

Esposa de Eduardo Costa expõe proibição no casamento e dispara: "Não aceito" (Foto: Reprodução/Instagram)
Esposa de Eduardo Costa expõe proibição no casamento e dispara: “Não aceito” (Foto: Reprodução/Instagram)

Mariana Polastreli, influenciadora e esposa do renomado cantor sertanejo Eduardo Costa, que tem ajudado o artista no seu processo de emagrecimento, causou alvoroço nas redes sociais ao compartilhar algumas das regras estabelecidas em seu relacionamento com o artista.

Sem rodeios, Mariana detalhou quais comportamentos não tolera do marido quando se trata de interações com outras mulheres. “É óbvio que não aceito traição, mas além disso, não permito nenhum tipo de desrespeito vindo do meu marido. Nenhum”, afirmou categoricamente.

Ela enfatizou que não aceita que Eduardo olhe para outras mulheres com intenções maliciosas ou sequer curta fotos delas nas redes sociais. “Isso ficou muito claro desde que começamos a nos relacionar. Não tolero um olhar, uma curtida, absolutamente nada”, ressaltou a influenciadora.

É importante destacar que Mariana já foi alvo de acusações de traição por parte de seu ex-parceiro antes de se envolver com Eduardo Costa. O casal está junto desde junho de 2021, e em fevereiro, o cantor fez uma declaração pública de amor à sua amada.

_blank
Share.
© 2024 ThemeSphere. Designed by ThemeSphere.