Vida do locutor Asa Branca vira documentário

0 141

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

No próximo domingo (26) será lançado oficialmente em Barretos (SP), o documentário sobre a vida do locutor de rodeios Asa Branca.

Asa Branca, vem lutando para sobreviver por causa de complicações da Aids e um câncer na garganta. O filme que conta a saga desse herói brasileiro, será exibido pela primeiramente, durante a festa do Peão de Barretos. De acordo com os produtores, a exibição terá duas sessões agendadas para o próximo domingo (26).

A primeira está reservada para convidados e imprensa no Centerplex do North Shopping Barretos, a partir das 11h. Posteriormente, às 15h30, os frequentadores do Parque do Peão poderão conferir a obra em um telão no palco Culturando. Os eventos contam o apoio do clube Os Independentes.

Além disso, a música-tema do longa é inédita e foi composta por Renato Teixeira e gravada no estúdio Nacena, de João Marcello Bôscoli, com participação de Sérgio Reis e inclusive do próprio Asa Branca.

Inclusive, na fase de produção, a equipe responsável pelo documentário acompanhou a rotina de Asa Branca durante dois anos. Durante esse período recolheu depoimentos de cerca de 50 pessoas, incluindo os de personalidades de várias áreas.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o tricampeão mundial de rodeios Adriano Moraes, o empresário Henrique Prata, o ex-jogador Luisão, a modelo Núbia Oliver e a ex-chacrete Rita Cadillac fazem parte da lista de entrevistados. Também participaram Chitãozinho e Xororó, Leandro e Leonardo e Zezé de Camargo e Luciano.

Além da exibição em Barretos, posteriormente o filme participará de festivais de documentários no Brasil nos próximos meses. Em 2019, será levado para o circuito comercial de cinema.

Sérgio Reis e Renato Teixeira gravam canção em homenagem a Asa Branca

No mês de julho Sérgio Reis e Renato Teixeira gravaram Asa Branca. Não se trata do clássico de Luiz Gonzaga. É uma nova canção, que homenageia o homônimo (e lendário) locutor de rodeios.

O encontro ocorreu no NaCena, estúdio do Campo Belo que tem João Marcello Bôscoli como sócio. A obra está na trilha do documentário Asa Branca, a Última Lenda dos Rodeios, uma produção de VEJA SÃO PAULO e da Kurundu Filmes.

O  longa retrata a vida do personagem de 56 anos, que, no auge, chegava a embolsar R$300 mil reais por mês. “Vivi coisas que um garoto do interior jamais imaginaria”, diz ele, que enfrentou a aids e um câncer na garganta. Confira o resultado abaixo.

Comentários
Loading...