Zezé Di Camargo e Luciano devem encerrar a dupla sertaneja após o show “Amigos” em 2022

Uma fonte ouvida exclusivamente pelo Movimento Country garante que Zezé Di Camargo e Luciano já não têm mais vontade cantar juntos e podem se separar

Os boatos da separação de Zezé Di Camargo e Luciano se evidenciaram desde a chegada da pandemia, quando cada um dos irmãos seguiu com seus projetos solo: Luciano com seu álbum gospel e Zezé, que ainda programa seu álbum sem o irmão. De acordo com uma fonte próxima à dupla ouvida exclusivamente pelo Movimento Country, Zezé Di Camargo e Luciano não tem previsão para um retorno efetivo após cumprirem a agenda do próximo ano e sequer tocam no assunto.

A dupla sertaneja, que rompeu a parceria com o irmão Emanoel após uma briga com as esposas, tem se dedicado aos projetos solo e mal tem se visto, devido ao fato de Zezé Di Camargo estar isolado em sua fazenda e Luciano estar em sua mansão com a família. O movimento Country conversou com uma fonte próxima à dupla que relatou que, nos bastidores, ambos nem tocam no assunto de voltar a cantarem juntos:

“Eu acho que é um ciclo que está se encerrando enquanto dupla. Não vejo nenhum dos dois em rede social postar coisas relativas à dupla, só coisas sobre a carreira solo, então isso pode ser um ciclo encerrado. Eles irão fazer o navio em novembro (um cruzeiro comemorativo aos 30 anos da dupla), tem algumas datas que já estão compradas em relação à dupla e ano que vem tem os quatro shows com o “Amigos” e provavelmente fica por aí. No momento ambos não têm vontade de voltar, mas tudo pode acontecer”, relata a fonte.

Assuntos Relacionados

Os boatos da separação de Zezé Di Camargo e Luciano não são novos, mas a dupla sertaneja sempre evidencia à imprensa e em entrevistas que continuará dando legado ao pedido do pai, que foi o grande responsável pelo seu sucesso meteórico e não gostaria de vê-los separados. Ao momento, apenas o tempo nos dirá o futuro da dupla sertaneja.

Ex de Luciano expôs briga da dupla com o irmão Emanoel

(Foto: Reprodução Internet)
(Foto: Reprodução Internet)

Após alegar que Luciano Camargo mantinha relações homossexuais, Cleo Loyola, ex esposa do sertanejo, abriu o jogo sobre o fim da parceria com o irmão Emanoel Camargo, que deixou de gerenciar Zezé Di Camargo e Luciano e agora cuida de Felipe Araújo e expôs uma grande briga na família que ocasionou no rompimento.

Após passar vexame com número de votos nas eleições de 2020, Cleo veio à público em um vídeo no seu canal do YouTube expor, de fato, o que teria resultado no fim da sociedade entre Emanoel e os irmãos mais novos Zezé e Luciano. Segundo a pastora, as esposas de ambos foram as responsáveis pela briga que corre guardada em segredo na família:

“Emanuel era empresário de Zezé di Camargo e Luciano. Emanuel brigou com o quarto elemento, a mulher do Luciano. Vocês já sabem o apelido dela, eu não posso falar porque a justiça me proibiu de chamar ela de c* seca. Eles brigaram e desde esse tempo o Luciano se afastou totalmente do Manuel, sendo que era o braço direito dele e o braço esquerdo. O quarto elemento veio pra acabar com tudo”, disparou alegando que a esposa de Luciano teria apimentado a briga.

“O Emanuel é um grande empresário sim, porque ele se dedicou a essa dupla aí, e depois por causa desses dois elementos que entraram na família, ele saiu sim, porque arrancaram ele. Porque a fulana, a mulher do meu ex, brigou com ele e tirou ele, pra não ser mais empresário do Luciano. Aí entrou a dente de cavalo (Graciele Lacerda) e acabou com a história toda. E ele resolveu logo sair”, detonou Cleo Loyola.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais