Zé Neto se envolve em polêmica com especialistas após homofobia: “Procure um coach”

O cantor sertanejo Zé Neto fez piadas imitando homossexuais durante live, causou revolta nas redes sociais e foi acusado de promover a homofobia

O cantor Zé Neto, da dupla com Cristiano, voltou a causar polêmica na internet por conta de um comentário feito durante sua última live. Na ocasião, ele perdeu uma aposta para o companheiro de palco e teve que vestir a camisa do time do coração de Cristiano, o São Paulo Futebol Clube.

Os especialistas em música Enio Silvério e Reinaldo Barriga comentam o ocorrido no podcast EnterHits. Zé Neto, que é palmeirense, passou a disparar piadas homofóbicas, imitou trejeitos homossexuais e os internautas não deixaram nada passar batido. Mais tarde, ainda na live, Zé Neto precisou se retratar, dizendo: “Se alguém se sentiu ofendido, do fundo do meu coração, essa não foi a minha intenção. Estávamos zoando um negócio nada a ver, mas peço desculpas aqui ao vivo para quem se ofender”.

Assuntos Relacionados

Os comentaristas afirmaram que a desculpa de Zé Neto “não colou”, e que o sertanejo deveria simplesmente assumir que fez uma piada homofóbica inoportuna e se retratar por isso. Além disso, Enio comentou que o cantor também deveria se desculpar com a torcida tricolor e com os corintianos, uma vez que afirmou em meio às piadas que “seria pior se fosse o Corinthians”. 

Assista ao podcast logo abaixou ou clique aqui para ouvir o conteúdo na íntegra no Spotify.

Especialistas fazem alerta à dupla Zé Neto e Cristiano

(Foto: Reprodução Divulgação)
(Foto: Reprodução Divulgação)

Reinaldo Barriga comentou que os artistas precisam tomar muito cuidado, pois têm uma responsabilidade muito grande sobre o alcance e impacto de suas declarações, muito embora as provocações hoje em dia estejam na moda, porque a internet realmente está sem limites.

Já Enio Silvério sugere que o sertanejo tome providências para melhorar seu modo de agir e deixe de se envolver em tantas polêmicas: “Zé Neto, pelo amor de Deus, procure urgente um coach, para saber como se comportar em lives. Não pode ser assim, meu filho! O que diria o seu patrocinador em relação a essa piada com minorias? Não fica bem!”, disparou o produtor.

Os especialistas concordam que os artistas são responsáveis por suas declarações e que as desculpas dadas por Zé Neto são meramente padronizadas. Além disso, Enio alertou que “o efeito pode ser muito longo e, no futuro quando voltarem os shows ao vivo, talvez a dupla Zé Neto e Cristiano sinta falta do público das minorias, e aí vai fazer muita diferença essa declaração dada na última live”.

Sobre Enio Silvério: Radialista e comunicador desde os 17 anos. Dirigiu as maiores emissoras de rádio do Brasil, como a Transamérica, em Curitiba, Rádio 100 (CE), Rádio Cidade (RJ), Rádio Cidade (BA) a Rádio Cidade (SP) e Tupi FM (SP) que se tornaram líderes absolutas de audiência sob sua direção. Foi o responsável direto para o sucesso em todo o país dos segmentos Axé Music e Sertanejo Universitário.

Sobre Reinaldo Barriga: Um dos maiores compositores, músicos e produtores musicais do Brasil. Já assinou trabalhos de grandes artistas como Capital Inicial, Engenheiros do Hawaii, Lulu Santos, Nenhum de Nós, Camisa de Vênus, Chrystian e Ralf e recebeu dois Grammys Latino pela sua produção dos álbuns “Vida Marvada” e “Grandes Clássicos Sertanejos acústico II” da dupla Chitãozinho e Xororó.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais