Zé Neto e Cristiano lançam o clipe de “Sobrando Ausência”

Zé Neto e Cristiano lançam "Sobrando Ausência"
0 610

A dupla Zé Neto e Cristiano lançaram esta semana mais um video do novo DVD “Esquece o Mundo Lá Fora”. Desta vez o single escolhido foi “Sobrando Ausência”

Após alcançarem mais de 1,8 bilhões de visualizações no YouTube com o DVD “Esquece o Mundo Lá Fora”, parece que Zé Neto e Cristiano estão correndo atrás de mais um recorde! A dupla lançou nesta sexta-feira, (01), o quarto clipe do novo EP no canal oficial. A música escolhida desta vez é “Sobrando Ausência”.

Vale lembrar que em todas as sextas-feiras, sempre às 11h, a dupla vai liberar um clipe de “Acústico de Novo”. Lançado nem janeiro, o EP foi dirigido por Alailson Bernardo e é composto por mais 4 faixas inéditas – além de “Sobrando Ausência”, são elas: “Estado Decadente”, “Long Neck”, “Whisky e Gelo” e “Cheiro de Terra” com participação especial do cantor Daniel. Em recente em entrevista ao POPline, Zé Neto e Cristiano definiram esse momento como: “Um dos melhores da vida da dupla” e ainda revelaram situações inusitadas que já passaram com fãs!

 

Veja a letra da música “Sobrando Ausência”, de Zé Neto e Cristiano

É normal superar, só que é mais devagar
Do jeito que você ‘tá, duvido que me amava
Você lá fora curtindo as festas da cidade
E aqui dentro ‘tá sobrando ausência de felicidade
‘Cê vai virando a página, eu vou virando o litro
Você de boca em boca e eu de bico em bico
Já declarei falência do meu fígado e do bolso
Se quiser me encontrar ‘to morando no fundo do poço
‘Cê vai virando a página, eu vou virando o litro
Você de boca em boca e eu de bico em bico
Já declarei falência do meu fígado e do bolso
Se quiser me encontrar ‘to morando no fundo do poço
Sem você ‘tá osso
É normal superar, só que é mais devagar
Do jeito que você ‘tá, duvido, duvido que me amava
Você lá fora curtindo as festas da cidade
E aqui dentro ‘tá sobrando ausência de felicidade
‘Cê vai virando a página, eu vou virando o litro
Você de boca em boca e eu de bico em bico
Já declarei falência do meu fígado e do bolso
Se quiser me encontrar ‘to morando no fundo do poço
‘Cê vai virando a página, eu vou virando o litro
Você de boca em boca e eu de bico em bico
Já declarei falência do meu fígado e do bolso
Se quiser me encontrar ‘to morando no fundo do poço
Sem você ‘tá osso
Sem você ‘tá osso

Comentários
Loading...