Pastor de Wesley Safadão faz desabafo após acusações de pedofilia e detona: “Demônios”

Detonado na internet após ser acusado de praticar abuso contra uma criança em um vídeo com Wesley Safadão, pastor André Vitor se pronuncia em desabafo

O pastor André Vitor, amigo próximo e conselheiro espiritual de Wesley Safadão e sua família, que estão sendo investigados após supostamente terem furado a fila da vacina, conforme apurou o Movimento Country, se pronunciou sobre as acusações de pedofilia que sofreu de internautas após aparecer em gestos suspeitos com criança e se mostrou revoltado com a situação.

O pronunciamento do pastor veio logo após o de Wesley Safadão, que detonou as acusações e acusou a internet de querer “biscoito” em cima de pessoas inocentes. André Vitor usou seu Instagram e explicou sua atitude, além de gerar polêmica ao dizer que quem quem estava vendo algo demais no vídeo estaria com “o demônio nos olhos”:

“Pegaram um vídeo totalmente fora de contexto, onde estávamos tendo um final de semana precioso, com amigos mais chegados que irmãos e uma quase sobrinha minha que é filha dos meus amigos preciosos, que inclusive estão aqui comigo agora, recebe um abraço meu, como ela está acostumada a receber de todos nós. E ela se sente protegida, amada e ela não por desconforto, mas porque estava ali na euforia da brincadeira, em que o Wesley joga uma torta na cara do Tiru (Tirulipa), ela vai comemorar, brincar isso, e eu puxo minha camisa”, continuou.

Assuntos Relacionados 

“Travo uma luta contra a balança. Em muitos momentos me sinto desconfortável com meu peso. Eu fico atrás dos meus amigos, às vezes coloco uma almofada, puxo a camisa por questão do peso e não por maldade. Que só os maldosos que têm demônio nos olhos viram. E hoje eu estou aqui pra me posicionar não pelos que me conhecem, porque todos me amam, todos estão desesperados, preocupados comigo diante de uma injustiça dessa gravidade”, disparou no vídeo longo.

Assista ao vídeo na íntegra:

Wesley Safadão também saiu em defesa do amigo

(Foto: Internet)
(Foto: Reprodução Internet)

Após o pastor ser detonado na internet e até Wesley Safadão ser acusado de “consentir” com o ato suspeito, o cantor, que tomou o lugar de Gusttavo Lima na Festa do Peão de Barretos, veio à público defender o amigo e detonou o linchamento virtual que ambos estão sofrendo:

“Eu tô falando André Victor, uma pessoa no qual eu tenho como irmão, uma pessoa de total confiança minha, da minha esposa, da minha família, do nosso círculo de amizade né realmente é uma grande injustiça que estão fazendo com ele. Estão querendo fazer, porque isso não vai acontecer porque Deus é maior do que tudo. Realmente esses juízes da da internet condenam as pessoas sem ouvirem a sua versão. Como eu falei o André de dentro da nossa casa e ele está acima do peso, ele tem complexo em mostrar isso, por isso se observar ele sempre tira foto puxando a camisa, quando está vendo que está filmando ele fica se escondendo por trás das pessoas porque não quer mostrar sua barriga”, explicou Wesley Safadão.

“Então gente vamos repensar, são vidas, profissões que estão do outro lado (…) A gente só vê ódio e julgamentos nessa internet, então gente vamos ter mais empatia pelo próximo, vamos parar de querer cancelar as pessoas. Eu sei que todo mundo querem aí o famoso biscoito né, mas realmente esse tipo de coisa já passou dos limites. Eu desejo que é Deus entre o mais rápido possível na vida dessas pessoas são os juízes da da da internet, que fazem seus julgamentos e que a gente possa espalhar mais amor, mais empatia, tá então eu estou aqui porque o André é uma pessoa que eu amo demais é uma pessoa que é totalmente de nossa confiança”, defendeu o amigo.

Confira o pronunciamento na íntegra diretamente no Instagram do Movimento Country:

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais