Wesley Safadão se pronuncia após amigo pastor ser acusado de pedofilia e detona: “Internet está doente”

Revoltado com internautas, Wesley Safadão abriu o jogo e saiu em defesa do pastor André Vitor, acusado por internautas de assédio sexual à criança

Um verdadeiro escândalo tomou a internet nesta segunda-feira (26) após internautas começarem a denunciar uma atividade suspeita em um vídeo filmado pelo cantor Wesley Safadão em seu Instagram Stories, no qual aparecia o pastor André Vitor abraçando uma menina por trás e logo em seguida ajustando a sua camiseta para baixo, o que gerou estranhamento e acusações de abuso sexual.

Após o pastor ser detonado na internet e até Wesley Safadão ser acusado de “consentir” com o ato suspeito, o cantor, que tomou o lugar de Gusttavo Lima na Festa do Peão de Barretos, veio à público defender o amigo e detonou o linchamento virtual que ambos estão sofrendo:

“Eu realmente não sei o que está acontecendo com o mundo de hoje. Essa internet está doente, essa é a verdade. Estava aqui falando com a minha assessoria, eles pediram para que eu não me pronunciasse, só emitisse uma nota e tal, mas eu não vou ficar bem se eu não for leal com a pessoa que mais me ajudou nessa vida, uma pessoa que só edifica a minha vida, edifica minha casa, que me aproxima de Deus”, começou.

Assuntos Relacionados 

“Eu tô falando André Victor, uma pessoa no qual eu tenho como irmão, uma pessoa de total confiança minha, da minha esposa, da minha família, do nosso círculo de amizade né realmente é uma grande injustiça que estão fazendo com ele. Estão querendo fazer, porque isso não vai acontecer porque Deus é maior do que tudo. Realmente esses juízes da da internet condenam as pessoas sem ouvirem a sua versão. Como eu falei o André de dentro da nossa casa e ele está acima do peso, ele tem complexo em mostrar isso, por isso se observar ele sempre tira foto puxando a camisa, quando está vendo que está filmando ele fica se escondendo por trás das pessoas porque não quer mostrar sua barriga”, explicou Wesley Safadão.

“Então gente vamos repensar, são vidas, profissões que estão do outro lado (…) A gente só vê ódio e julgamentos nessa internet, então gente vamos ter mais empatia pelo próximo, vamos parar de querer cancelar as pessoas. Eu sei que todo mundo querem aí o famoso biscoito né, mas realmente esse tipo de coisa já passou dos limites. Eu desejo que é Deus entre o mais rápido possível na vida dessas pessoas são os juízes da da da internet, que fazem seus julgamentos e que a gente possa espalhar mais amor, mais empatia, tá então eu estou aqui porque o André é uma pessoa que eu amo demais é uma pessoa que é totalmente de nossa confiança”, defendeu o amigo.

Confira o pronunciamento na íntegra diretamente no Instagram do Movimento Country:

Entenda o caso que resultou nas acusações de pedofilia

(Foto: Reprodução/Divulgação)
(Foto: Reprodução/Divulgação)

André Vitor, amigo e pastor de Wesley Safadão, que está sendo investigado por suspeita de fraude em vacinação, levantou suspeitas do crime de pedofilia em um vídeo postado nos stories do Instagram do artista. Durante brincadeiras que aconteciam entre adultos e crianças, internautas passaram a notar um comportamento inusitado do religioso e Safadão e começaram a divulgar as  imagens na internet.

Isso porque, após as primeiras repercussões do assunto, o cantor apagou o conteúdo que já havia viralizado. As suspeitas foram levantadas quando foi possível ver o pastor puxando uma das crianças que usava biquíni infantil contra seu corpo. Depois de abraçá-la por trás, André Vitor solta a menina e abaixa a blusa, o que fez muitos pensarem que ele poderia estar excitado.

Taxado de pedofilia, o assunto envolvendo o pastor também está rendendo severas críticas ao artista, que se mostra muito religioso nas redes mas demorou para dar uma nota sobre o caso. Confira o exato momento da ação do pastor no Twitter do Movimento Country:

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais