O maior site sertanejo do Brasil

Simone revela doença nos pulmões dias antes de Simaria voltar aos palcos

0 285

A cantor Simone revelou doença no pulmão as vésperas de da sua irmã Simaria voltar aos palcos no dia 9 de agosto.

Simone, da dupla com Simaria, contou durante entrevista ao colunista Léo Dias detalhes da quadro de saúde da sua irmã e sobre a ansiedade pelo dia 9 de agosto, data marcada para sua dupla voltar aos palcos. A artista revelou ainda que está com uma doença no pulmão.

Clique aqui e concorra à 1 iPhone X

Estou me sentindo uma deficiente sem a minha irmã. Falta um pedaço porque nós somos muito ligadas”, disse. Simaria está fazendo o resto do tratamento na Espanha, acompanhada do marido e autorizado pelo médico.

Receba as últimas notícias sertanejas pelo seu Messenger

O retorno de Simaria aos palcos marca uma nova fase na carreira das coleguinhas. Agora, a dupla vai fazer no máximo três shows no fim de semana. “Não pode passar disso. Conversamos com os médicos e com o nosso escritório. A gente só consegue enxergar que está exagerando quando vem essas situações. O Cristiano (Araújo) morreu por conta dessa loucura. E aí?”, pergunta.

A doença da irmã

A sertaneja conta que descobriu um problema no pulmão depois que a irmã foi diagnosticada com tuberculose ganglionar. “Ela falava às vezes que estava cansada. A febre vinha e a gente não identificava o que era. Quando ela foi internada, eu parei para fazer um check-up. No meu pulmão apareceram algumas marcas que o médico não sabe explicar se também foi uma tuberculose e o meu corpo deu conta de curar sozinho”, contou Simone, que foi diagnosticada com anemia.

Confira a agenda de shows dos maiores artistas sertanejos

A cantora relatou que só se deu conta de que Simaria estava realmente doente no momento da internação. “Foi aí que eu vi a minha irmã de costas. Vi os ossos da coluna dela aparecendo e pude enxergar qual era o estado dela. Ela perdeu acho que 9 quilos. Estava muito magrinha. Falei: Meu Deus, como eu não vi! Ela me falava tanto que estava cansada e eu não via. Mas serviu pra entender, não só pra nós, mas para todos, que não dá pra abraçar o mundo. A gente precisa saber o limite do nosso corpo”, observou.

Comentários
Loading...