Silvio Santos quer tirar a filha Patrícia Abravanel do “Vem Pra Cá” após polêmicas

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Vem Pra Cá“, programa comandado por Patrícia Abravanel, pode ter a apresentadora trocada após comentários nos bastidores e polêmica com LGBTfobia

Parece que o destino de Patrícia Abravanel na grade do SBT está cercado de incertezas. “Vem Pra Cá”, o programa da filha de Silvio Santos na emissora, tem enfrentado problemas e pode ter a apresentadora trocada com menos de três meses no ar. Atitudes e ataques de estrelismo de Patrícia, que recentemente detonou Eduardo Costa, vêm despertando comentários negativos nos bastidores da emissora.

– Clique aqui para receber as últimas notícias do Movimento Country no Messenger

Tudo piorou ao Patrícia se envolver em uma polêmica após pronunciar com descaso a sigla “LGBTQIA+”, se referindo ao grupo como “‘LGDBTYH… sei lá o quê” e foi alvo de duras críticas na internet devido ao seu comportamento. Além disso, alegou que este público precisa ser “compreensivo com aqueles que hoje ainda não entendem direito e estão se abrindo pra isso”.

Os especialistas em música Enio Silvério e Reinaldo Barriga, no podcast EnterHits, comentaram a postura de Patrícia Abravanel, especialmente sua declaração sobre a sigla, e pontuaram que, mesmo sendo muito parecida com o pai, Patrícia não tem o mesmo talento de Silvio Santos.

Reinaldo Barriga opina, dizendo que não se pode exigir demais de Patrícia Abravanel, pois “é uma sombra de um grande ídolo como Silvio Santos. (…) Patrícia me parece uma criatura muito mimada pelo pai, então eu acho que ela se vale um pouco dessa simpatia, é muito parecida com o pai. Tem talento, mas ela não tem muita paciência, eu acho”.

Assuntos Relacionados

Para Enio, que afirma conhecer a apresentadora há muito tempo, é admirável seu esforço e dedicação para conquistar espaço na emissora, desde muito cedo trabalhando bastante, primeiro atrás das câmeras e depois participando do programa dominical do pai, até liderar seus próprio horário na programação do SBT.

Após as polêmicas e críticas constantes que Patrícia vem sofrendo, Silvio Santos já cogita a possibilidade de tirar a própria filha do programa e colocar outra pessoa no lugar. O destino de Patrícia Abravanel na emissora é, portanto, dado como incerto.

Assista ao podcast logo abaixou ou clique aqui para ouvir o conteúdo na íntegra no Spotify.

Maternidade pode ter feito Patrícia Abravanel perder o pique

(Foto: Reprodução/SBT)
(Foto: Reprodução/SBT)

De acordo com os especialistas, o casamento e a maternidade podem ajudar a explicar as atitudes de Patrícia Abravanel. “Eu acredito que depois do seu casamento com o deputado Fábio Farias, hoje Ministro das Comunicações, ela já é mãe, (…) ela começou a dividir suas atenções”, disse Enio.

“Antes, quando ela era só focada nos programas, dava a entender para a gente que ela se dedicava muito mais. Talvez seja o fato agora de ter que se dedicar aos filhos, ao marido, o marido hoje tem um cargo muito importante no governo federal, e é muito cobrado por isso”. 

“Talvez ela não tenha muito tempo para decorar textos, e as pautas, talvez, estejam sendo relevadas e realmente, para quem apresenta o programa, às vezes consegue escorregar com isso. O Silvio Santos não tem esse problema não, ele tira de boa, ele tira de letra esses escorregões, mas no caso da Patrícia Abravanel, esse comentário dela não casou bem”, completou Enio Silvério.

Sobre Enio Silvério: Radialista e comunicador desde os 17 anos. Dirigiu as maiores emissoras de rádio do Brasil, como a Transamérica, em Curitiba, Rádio 100 (CE), Rádio Cidade (RJ), Rádio Cidade (BA) a Rádio Cidade (SP) e Tupi FM (SP) que se tornaram líderes absolutas de audiência sob sua direção. Foi o responsável direto para o sucesso em todo o país dos segmentos Axé Music e Sertanejo Universitário.

Sobre Reinaldo Barriga: Um dos maiores compositores, músicos e produtores musicais do Brasil. Já assinou trabalhos de grandes artistas como Capital Inicial, Engenheiros do Hawaii, Lulu Santos, Nenhum de Nós, Camisa de Vênus, Chrystian e Ralf e recebeu dois Grammys Latino pela sua produção dos álbuns “Vida Marvada” e “Grandes Clássicos Sertanejos acústico II” da dupla Chitãozinho e Xororó.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais