Sertanejos contestam lockdown mas não cobram governo sobre atraso das vacinas

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Artistas sertanejos se posicionaram contra o lockdown mas não aderiram à opinião pública que cobra o governo pelo atraso das vacinas

A pandemia do cononavírus pegou o mundo de surpresa em 2020 e no Brasil não foi diferente. Desde o dia 17 de março do ano passado, quando a primeira pessoa faleceu no país, mais de 430 mil vidas já foram perdidas para a doença. A maior crise sanitária já vista no Brasil continua sem controle e o atraso de milhões de vacinas que já poderiam ter sido negociadas tem sido motivo de crítica constante ao governo. Muitos artistas cobram a demora na compra do imunizante que recentemente vitimizou o humorista Paulo Gustavo mas, muitos do meio sertanejo se calaram.

Desde o ano passado os eventos foram suspensos em todo o país para diminuir o contágio e as lives surgiram como uma saída para que os cantores não enfrentassem uma crise financeira. No entanto, a situação em geral do país é devastadora. Um termo está sendo usado para definir a postura do governo Bolsonaro durante a pandemia: negacionismo.

Isso se refere ao fato da doença ter tido sua gravidade negada desde o início, o que levou a tornar a administração brasileira no combate à Covid-19 uma das piores do mundo. O posicionamento frente à essa irresponsabilidade vem sendo fortemente cobrado nas redes já que os artistas possuem mais voz e assim, podem fazer mais diferença.

Assuntos Relacionados

No entanto, alguns artistas sertanejos não vem se manifestando uma vez que apoiam fielmente Jair Bolsonaro e provavelmente não querem se indispor com a autoridade máxima do país. Gusttavo Lima é um deles e até chegou a ajudar o Amazonas que passou por uma grave crise de escassez de oxigênio, no entanto, não se posiciona contra a negligência que fez a pandemia tomar grandes proporções. Em setembro do ano passado, o sertanejo acabou contestando a falta de shows e foi chamado de egoísta nas redes.

Gusttavo Lima gera aglomeração com plateia de 500 pessoas

(Foto: Reprodução/Divulgação)
(Foto: Reprodução/Divulgação)

O show de Gusttavo Lima contou com plateia de 500 pessoas e gerou aglomeração em plena pandemia. O sertanejo se apresentou com sua live sertaneja “Embaixador do Agronegócio II” sendo transmitida em seu canal oficial do YouTube. Ele conquistou sozinho 980 mil pessoas simultâneas em seu show virtual, porém, virou assunto na internet ao gerar aglomeração com sua apresentação.

A live que aconteceu em Primavera do Leste, em Mato Grosso reuniu diversas pessoas do ramo do sertanejo e patrocinadores. Cerca de 180 pessoas estavam presentes no evento que aconteceu recentemente. O evento que foi promovido por uma empresa goiana justificou que os presentes foram testados para rastreamento da Covid-19.

Mesmo com os acontecimentos da live sertaneja de Gusttavo Lima, a assessoria do cantor que divulgou que estavam em São Paulo no momento da transmissão ao vivo, não divulgou informações sobre o assunto assim como os responsáveis pelo evento sertanejo.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy