Sérgio Reis dá detalhes das gravações da novela Pantanal: “Lutava contra jacarés”

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Sérgio Reis relata lembranças das gravações da versão original de Pantanal, sucesso dos anos 90 que ganhará remake na TV Globo

O remake da novela “Pantanal” vem sendo muito comentado desde seu anúncio pela TV Globo. Embora ainda não haja previsão concreta da estreia tendo em vista uma série de problemas, as possíveis gravações da nova versão foram comentadas pelo cantor e compositor de sucesso, Sérgio Reis. O músico voltou a dar detalhes dos bastidores da novela dos anos 90 em que ele interpretou o personagem Tibério e contracenou em grande parte com Almir Sater.

A dupla foi muito beneficiada pela participação e fechou uma parceria que agradou os fãs do sertanejo raiz na vida real. Com a trama voltando às telinhas com o roteiro feito pelo neto do autor original, Benedito Ruy Barbosa, Bruno Luperi, comentários de Sérgio Reis afirmando já ter lutado com jacarés e surpreendeu:

“Não teve estúdio, nada. Muito pouca coisa em estúdio. Passamos um ano lá dentro (do Pantanal) com jacarés querendo pegar a Juma e eu meti o pé na cabeça dele, é a realidade, não brincadeira.”, contou o músico sertanejo que recentemente, ameaçou os políticos João Doria e Bruno Covas.

Assuntos Relacionados

Segundo ele, todas as cenas foram gravadas em regiões do bioma, diferentemente dos planos atuais da TV Globo, que pretende construir um estúdio cinematográfico jamais visto para reproduzir detalhes do Pantanal. A emissora já registrou nome de personagens como a de Juma Marruá e a direção selecionou um elenco de dar inveja mas, agora há outras questões que estão sendo barreiras para exibição da novela.

Isso porque, os diretores não querem reproduzir um cenário que vem sendo devastado recentemente devido ao desmatamento e queimadas da região. Sendo assim, o remake de sucesso que procurava por sertanejos que pudessem substituir os papéis de Sérgio Reis e Almir Sater poderá demorar um pouco mais do que o previsto.

Sérgio Reis ameaça políticos: “Meto a mão na cara de vocês”

(Foto: Reprodução/Internet)
(Foto: Reprodução/Internet)

 

A principal revolta do cantor e compositor Sérgio Reis foi devido às medidas rigorosas de isolamento social que São Paulo tem adotado, que ocasionaram o fechamento de lojas e priorizaram a abertura apenas de serviço social. O sertanejo, irritado com os rumos do estado, fez uma live detonando os políticos:

“Está um inferno aqui em São Paulo. Brigando com o prefeito, brigando com o governador. O que vocês querem fazer com o nosso povo? Hein, Doria? Hein, Covas? O que vocês querem fazer com a gente? Será que eu preciso ir aí meter a mão na cara de um de vocês? E eu faço. Fujam de mim”, ameaçou Sérgio Reis.

“Eu não estou aceitando mais ser amigo de vocês. Isso é verdadeiro, é ao vivo. O que vocês estão fazendo com nossos comerciantes, com as pessoas. Vocês estão matando o povo de fome. O que vocês querem? Que a China tome conta da gente? Ou querem apanhar na cara? Porque vocês merecem Me processa, fala que eu estou errado. Vocês vão ver o que vai virar a frente da casa de vocês, se vocês acham que o povo não está comigo. Pensa bem nisso. Eu não me manifestei até hoje, estou quieto lá para não pegar essa Covid. Mas o povo está morrendo de fome. Vocês são muito culpados“, detonou.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais

Privacy & Cookies Policy