Sequestrador do irmão de Zezé Di Camargo e Luciano tem morte trágica em confronto com a polícia

Um dos responsáveis pelo sequestro do irmão de Zezé Di Camargo morreu recentemente durante confronto

0

Bandido que sequestrou Wellington Camargo, irmão de Zezé Di Camargo e Luciano, foi morto em confronto com a polícia após fugir da cadeia em Curitiba

Ozélio de Oliveira, um dos bandidos responsáveis por organizar o sequestro do cantor e compositor Wellington Camargo, irmão da dupla sertaneja Zezé Di Camargo e Luciano, que podem se separar a qualquer momento após a morte de Seu Francisco, foi morto em Curitiba na última semana.

Confira as notícias do Movimento Country no YouTube

Ozélio foi morto a tiros durante um confronto com o BOPE (Batalhão de Operações Policiais Especiais), em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba, na noite da última sexta-feira (8).

O criminoso era líder de uma facção criminosa e havia sido condenado a mais de 109 anos de prisão por diversos crimes como roubo, homicídio e sequestro (incluindo o de Wesley Camargo), mas conseguiu escapar em 2018, quando bandidos explodiram um dos muros da penitenciária em que estava preso.

Leia também

Relembre como foi o sequestro do irmão de Zezé

(Foto: Reprodução Internet)
(Foto: Reprodução Internet)

Em dezembro de 1998, o Brasil parou coma notícia de que o cantor e compositor gospel Wellington Camargo, irmão de Zezé Di Camargo e Luciano, foi sequestrado dentro de sua casa, no Jardim Europa, em Goiânia, por quatro homens armados.

Com o contato sendo feito apenas cinco dias após o crime, Wellington passou quase três meses em cárcere privado, sofrendo tortura física e psicológica dos sequestradores, enquanto a família tentava uma negociação com os bandidos para o resgate do irmão Camargo.

Ouça os principais lançamentos sertanejos no Spotify

Na madrugada do dia 13 de março de 1999, os sequestradores cortaram um pedaço da orelha de Wellington e a enviaram para uma emissora de Goiânia, junto com um bilhete obrigando a família a pagar o resgate.

O resgate, no valor de 300 mil reais, foi pago no dia 20 de março. No dia seguinte, Wellington foi deixado pelos sequestradores dentro de um buraco de 150 metros e encontrado por motociclistas.

Três dias após o pagamento do resgate, no dia 23 de março de 1999, sete dos dez acusados de participarem do sequestro foram presos em Campo Grande (MS), após uma investigação massiva da polícia.

Leave A Reply

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy