fbpx

Após morte de Gugu, SBT busca dupla sertaneja para comandar a nova versão do “Sabadão Sertanejo”

0

O SBT está estudando a viabilidade de “ressuscitar” o programa “Sabadão Sertanejo” que foi comandado por Gugu Liberato e fenômeno de audiência nos anos 90

A música sertaneja está em alta na TV Brasileira. Além da Globo e da Record que já demonstrou interesse pelo cantor Gusttavo Lima, agora chegou a vez do SBT.

A emissora de Silvio Santos estuda a viabilidade de relançar o programa “Sabadão Sertanejo”, que foi sucesso nos anos 90 sob o comendo de Gugu Liberato, que morreu em novembro de 2019.

Em seu canal oficial do YouTube, o SBT tem postado alguns vídeos antigos do programa que tem tido uma ótima repercussão entre os internautas.

Uma das apostas da emissora é colocar no comando uma dupla sertaneja feminina e apostar no “feminejo” assim como a Globo faz com Simone e Simaria e Maiara e Maraisa.

Não se sabe ainda quando a produção começará a gravação dos pilotos e quais artistas serão convidados para fazer o teste. A equipe do Anhanguera aguarda o sinal verde de Silvio Santos para começar a pré-produção do programa que poderá estrear no segundo semestre de 2020.

Quais os programas sertanejos que o SBT produziu?

Sabadão Sertanejo foi um dos programas de maior audiência do SBT (Foto: Reprodução Record TV)
Sabadão Sertanejo foi um dos programas de maior audiência do SBT (Foto: Reprodução Record TV)

Muita gente não sabe, mas nos anos 80 foi a TV do Senor Abravanel que abriu as portas para o público sertanejo aos domingos. Nomes como Gilberto e Gilmar, João Mineiro e Marciano e Chitãozinho e Xororó comandaram os programas matinais que ameaçavam a hegemonia de audiência da Globo.

No entanto foi em em 1991, que  Gugu lançou e estreou o programa que foi sucesso em audiência ao divulgar a música sertaneja para comemorar na ocasião os 10 anos do SBT.

Nos seus dois primeiros anos, a atração só apresentava artistas sertanejos. Mas a partir de 1993, passou a abrir espaço para outros gêneros musicais. Em 1997, o programa mudou de nome para apenas Sabadão e passou a entrar no ar ainda mais tarde, por volta da meia-noite. Mesmo assim, conseguia manter uma audiência na casa dos 20 pontos, em 2000.

A última exibição do programa ocorreu em 23 de novembro de 2002, após uma série de mudanças na grade de programação da emissora. A partir daí, o programa passou a se chamar Disco de Ouro, e exibido nas tardes de domingo até o início de 2003.

Deixe uma resposta