O maior site sertanejo do Brasil

Salva-vidas de rodeio é pisoteado por touro

0 46

Um salva-vidas de rodeio, de 30 anos, foi pisoteado na cabeça por um touro enquanto tentava ajudar um peão, durante a final da 3ª etapa do Circuito Mato-Grossense de Rodeio, em Sorriso (400 km de Cuiabá), na noite de domingo (15).


O salva-vidas, conhecido como “Sombra”, teria entrado na arena de rodeio para auxiliar um peão que havia desmaiado depois de levar uma cabeçada de um touro. Enquanto tentava ajudar o homem, o salva-vidas foi pisoteado pelo animal.
O pisoteio teria atingido a região entre a cabeça e o pescoço de “Sombra”, que também desmaiou dentro da arena. No momento do incidente, testemunhas relataram que o salva-vidas teria perdido muito sangue.
Conforme o presidente da Federação Mato-Grossense de Rodeio (FMTRO), Renato Bavaresco, uma equipe de pronto-atendimento logo entrou na arena para socorrer os dois homens.
“Depois que eles receberam os primeiros atendimentos, os dois foram encaminhados, em ambulâncias distintas, para um hospital de Sorriso”, contou.
O peão de rodeio recebeu os cuidados iniciais, logo recobrou a consciência e teve alta médica. O salva-vidas, no entanto, permaneceu inconsciente e foi encaminhado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI).
Segundo Bavaresco, o salva-vidas trincou o rosto e cortou a boca. Em razão da grande quantidade de sangue que teria engolido durante o incidente, os médicos teriam ficado apreensivos.
“Ele engoliu muito sangue, que acabou indo para o pulmão, e isso preocupou muito os médicos no momento em que ele deu entrada no hospital”, explicou.
Apesar da gravidade do incidente, o presidente da FMTRO assegurou que o estado de saúde de “Sombra” teve melhoras na tarde desta segunda-feira (16).
“O quadro agora é considerado estável. Ele não corre riscos de morte e está melhorando bastante”.
O salva-vidas permanece internado, sem previsão de alta. A equipe médica ainda avalia se ele deve passar por cirurgia, em razão dos danos causados em seu rosto.
Segurança no rodeio
Bavaresco informou que o incidente causado pelo touro ao peão e ao salva-vidas aconteceu porque o animal estava agitado. No entanto, ele assegura que são raras as situações em que acontecem graves acidentes durante rodeios.
“Nunca aconteceu nenhum incidente gravíssimo durante as montarias aqui no Estado. Acredito que esse também não tenha sido grave, o maior problema foi o susto inicial que tivemos quando vimos o “Sombra” desmaiado e sangrando muito”, afirmou.
Ainda no domingo (15), outros dois peões que participaram do Circuito Mato-Grossense de Rodeio também ficaram lesionados. Um deles cortou o queixo e o outro machucou o braço durante a montaria.
“Essas outras duas situações em que os peões se lesionaram aconteceram depois da lesão do “Sombra”. Acredito que todo mundo ficou bastante abalado com o ocorrido e isso acabou influenciando na apresentação dos dois”, declarou.
Apesar dos riscos que podem trazer a prática da montaria, Bavaresco assegurou que o esporte é feito de modo seguro.
“Em nossas competições, sempre usamos equipamentos de segurança necessários. Está tudo dentro das normas determinadas”, concluiu.

loading...
Comentários
Loading...