Rodolffo pode pegar até três anos de prisão após polêmica com racismo no BBB 21

0
16
BBB 21: Rodolffo pode pegar até três anos de prisão após polêmica racista no reality show (Foto: Reprodução Rede Globo)
BBB 21: Rodolffo pode pegar até três anos de prisão após polêmica racista no reality show (Foto: Reprodução Rede Globo)

Declaração racista de Rodolffo no BBB 21 não fica impune e cantor sertanejo pode acabar preso após investigação da polícia sobre o caso

Eliminado do BBB 21 na última terça-feira após se envolver em polêmicas com homofobia e dar declaração racista em rede nacional, Rodolffo está sendo investigado pela polícia e pode responder pelo crime de injúria racial contra o participante João Luiz, que pode fazer o sertanejo ir parar atrás das grades.

+ Acompanhe as últimas notícias do Movimento Country no Instagram

Segundo informações do advogado criminalista Dr. Breno Hoyos Guimarães, em entrevista ao jornal O Dia, Rodolffo, que neste momento está sendo Investigado pela Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (DECRADI), a declaração do cantor sertanejo pode ser enquadrada no crime de injúria preconceituosa.

O advogado esclarece que o crime de injúria preconceituosa pode acarretar em uma pena de reclusão de 1 a 3 anos, além de multa ao réu. Apesar da pena de reclusão, o crime cabe fiança (com valores determinados pela Justiça), diferentemente do crime de racismo, que é inafiançável.

Leia também

No entanto, a simples abertura das investigações não torna Rodolffo um réu do crime. Somente após as análises das imagens do reality show, se forem constatadas injúria racial, o cantor sertanejo poderá ser indiciado. O processo ainda terá de contar com a formalização da representação do professor João Luiz, vítima de Rodolffo no BBB 21.

“Em regra, os crimes contra a honra são de ação penal privada, ou seja, o ofendido é o titular da ação e inicia a ação penal por meio da queixa. No entanto, especificamente no crime de injúria racial, a lei 12.033/09 tornou este crime como ação penal pública condicionada a representação, ou seja, o titular da ação penal é o Ministério Público, mas depende da representação do ofendido para que o autor do crime possa ser denunciado”, explicou o advogado em entrevista.

Cantor sertanejo se desculpa por polêmica racista

(Foto: Reprodução / Rede Globo)
(Foto: Reprodução / Rede Globo)

Eliminado do BBB 21 na noite de terça-feira (06), com 50,48% dos votos, o cantor sertanejo Rodolffo, que está bombado nos quatro cantos do país com a música “Batom de Cereja”, o cantor sertanejo participou do programa “Mais Você” na última quarta-feira e deu uma entrevista para Ana Maria Braga.

Rodolffo esclareceu, logo no início do programa, sua polêmica envolvendo o cabelo de João e aproveitou para pedir desculpas por suas atitudes dentro do reality show. O cantor sertanejo alegou que odeia magoar as pessoas e que suas atitudes tiveram consequências pesadas e resultaram na sua eliminação:

“Eu achei (que ia ser eliminado) e achei justo minha eliminação. Sou muito sincero e comigo mesmo, tenho que assumir meus erros e pedir desculpas para quem tenho que pedir, como sempre fiz lá dentro”, declarou, em um trecho.

+ Confira as notícias do Movimento Country no YouTube

Rodolffo deixou o BBB 21 na décima semana do reality show. O cantor sertanejo foi o mais votado deste paredão com 50,48%, seguido de Caio com 44,09% e Gilberto, que passou despercebido e recebeu apenas 5,43% dos votos.