Produtor sertanejo é assassinado por vizinhos e deixa fãs estarrecidos

O produtor musical de sertanejos Paulo Henrique foi baleado e morto em Belo Horizonte e os suspeitos pelo crime são os vizinhos da vítima

Um crime que aconteceu no último domingo (18) chocou o meio sertanejo. Isso porque, o produtor musical Paulo Henrique Garcia de Castro, conhecido como PH, foi morto na porta de sua casa em Santa Luzia, Grande Belo Horizonte.

Como foi apontado, o produtor foi alvo de três tiros que acertaram seu abdômen, ombro e virilha quando chegava em sua residência, no final da tarde. Testemunhas reconheceram os autores do crime, que segundo consta, são três vizinhos do produtor.

Paulo Henrique tinha 32 anos e chegou a ser socorrido por parentes e testemunhas que estavam próximos ao local, mas não resistiu e faleceu após ser levado a uma unidade de saúde de Santa Luzia. O produtor deixa quatro filhos.

Assuntos Relacionados

O cantor Rick, da dupla Rick e Nogueira, amigo do produtor musical, contou que a namorada de Paulo o deixou próximo à sua casa e o trajeto restante ele faria caminhando. Chegando ao local, a vítima foi surpreendida sem chance de defesa, sendo atingida pelos tiros.

Ainda de acordo com o músico, já há uma suspeita do que teria motivado o crime: “Parece mesmo que foi por uma briga por uma questão de um lote com vizinhos. Não tinha nada a ver com a carreira dele na área musical. Fiquei sabendo que foi uma desavença, mas a gente desconhecia qualquer problema e foi pego de surpresa”, afirmou Rick.

As investigações já estão em andamento e um suspeito foi detido. Com ele, foram encontradas duas cartelas de munição 9 mm e uma espécie de taco de madeira, que ao que tudo indica já teriam sido usadas como ameaça contra PH. A Polícia Civil afirmou que seguirá com as investigações até o esclarecimento do crime e possível identificação de outros envolvidos.

Cantor sertanejo é atingido por tiro e vive com bala alojada na cabeça

(Foto: Reprodução/Instagram)
(Foto: Reprodução/Instagram)

O cantor Maicon da dupla sertaneja com Marlon, seu irmão, revelou recentemente, que há mais de 20 anos vive com uma bala alojada em sua cabeça. O músico de 41 anos contou em um dos episódios do Podcast “No Flow”, que durante uma brincadeira com amigos na adolescência ele acabou levando um tiro na cabeça e a bala nunca foi retirada.

De acordo com Maicon, ele e um amigo foram até a casa de um terceiro, onde teriam muitas armas penduradas na parede. Ao tentar manusear uma delas e achando que não teria nenhum projétil, seu colega acabou atirando em sua cabeça e a bala ficou em um local muito delicado, podendo comprometer sua visão ou audição.

“A bala está até hoje na minha cabeça. Na época de moleque, fui na casa de um amigo acompanhado de um outro amigo. Quando chegamos lá, esse meu amigo foi mostrar as armas que a família dele tinha penduradas na parede. Ele pegou uma delas e brincou: ‘Já pensou se tivesse uma bala…'”, relatou Maicon.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais