O maior site sertanejo do Brasil

Pouco público e muita chuva marcam abertura da Festa de Barretos

0 36

Sob chuva constante, a Festa do Peão de Barretos teve fracasso de público e arena encharcada. Na arena, em torno de duas mil pessoas se aglomeraram sob as partes telhadas, enquanto poucos se arriscavam sob capas de chuva para acompanhar os saltos dos touros.

A cerimônia de abertura começou com a tradicional entrada de 40 cavaleiros fazendo coreografia empunhando bandeiras para abrir a 54ª edição do maior evento do gênero na América Latina.

Nem mesmo os narradores conseguiram animar os espectadores molhados. \”Só lamento, cauboi. Bye, bye\”, gritava com alguma queda. Ou elogiava o touro: \”Esse boi é apetitoso, levanta muito as ancas\”.

A primeira competição foi de Team Penning, disputa que reproduz o trabalho de tocar o rebanho para um curral, com três cavaleiros encurralando três bois selecionados no meio de um rebanho. Os vencedores da noite foi um trio que contava com uma amazona, Sandra Regina, de Jaguariúna.

A prova seguinte foi a de segurar o touro na unha. No bulldog, o peão pula do cavalo e tem que derrubar o boi no menor tempo possível. O vencedor foi Rodrigo Peres, da vizinha São José do Rio Preto, imobilizando o bovino em 4s47.

Também teve uma prova unicamente feminina: a corrida dos três tambores. As amazonas disparam no percurso e não podem derrubar os tambores. A mais rápida foi Thais Munique, de Votuporanga. O locutor não resistiu e cometeu o comentário: \”É a beleza, o charme, a velocidade da mulher brasileira\”.

No final da parte competitiva aconteceu um rodeio quase aquático, com os peões desafiando os touros no meio da areia encharcada. Marcos Aponde, de Urânia (SP), e Neubton Nascimento, de Andaraí (BA), tiveram as melhores notas e ficaram empatados com 86 pontos dados pelos jurados. Entre as provas, um telão lançava campanhas de prevenção de saúde, com slogans como \”Se cuida, peão. Se não, a doença te lança\”.

Como a chuva não parava, os shows nada caipiras do pagode de Sorriso Maroto e do pop carioca de Latino tiveram poucas testemunhas na madrugada molhada do interior.

loading...
Comentários
Loading...