Há 7 anos estreava o “Cabaré”: Polêmicas de Eduardo Costa arruinaram o projeto e a amizade

0
68
Polêmicas de Eduardo Costa arruinaram o projeto e a amizade (Foto: Divulgação)
Polêmicas de Eduardo Costa arruinaram o projeto e a amizade (Foto: Divulgação)

Como a parceria entre Leonardo e Eduardo Costa no “Cabaré” ruiu e se transformou em uma catástrofe após brigas e polêmicas?

Uma das maiores e mais polêmicas parcerias musicais estreou há 7 anos, em 2014, e marcou os fãs de forma intensa. Eduardo Costa idealizou o “Cabaré” e convidou Leonardo para acompanhá-lo no projeto, dedicado a releituras de músicas sertanejas populares nos bordeis do Brasil. Desde então, entre trancos e barrancos e com um sucesso meteórico, Eduardo Costa e Leonardo levaram o projeto até 2020, com o rompimento definitivo após duras brigas. Relembre conosco o sucesso e polêmicas do “Cabaré”.

– Clique aqui para receber as últimas notícias do Movimento Country no Messenger

A gravação aconteceu no dia 10 de setembro de 2014 e cerca de 400 convidados selecionados curtiram aquele que seria o primeiro DVD do “Cabaré”, lançado no dia 25 de novembro daquele ano pela Sony Music e Talismã. No time dos famosos, Sabrina Sato e a mãe e Geisy Arruda prestigiaram a gravação, que contou com grandes sucessos sertanejos, bailarinas vestidas à caráter e muita irreverência, além de danças sensuais.

Dois anos depois, em 25 de novembro de 2016, Eduardo Costa e Leonardo lançaram o segundo DVD conjunto, batizado de “Cabaré Night Club”, e aí a parceria já estava estourada nos quatro cantos do país. Os cantores sertanejos fizeram turnês por todo o Brasil e levaram a irreverência do show até para a televisão, o que se tornou um dos grandes marcos da história da música sertaneja.

Confira imagens da gravação do segundo DVD “Cabaré”:

O sucesso foi tanto que o “Cabaré” rapidamente se tornou o show mais vendido do Brasil com um cachê que variava entre R$ 250 mil a R$ 500 mil. No entanto, apesar do prestígio, o show era constantemente acusado de promover piadas homofóbicas e machistas, além de que as polêmicas de Eduardo Costa deixaram sua relação com Leonardo abaladas e levaram o projeto a ruir. Acompanhe mais detalhes desta história logo abaixo.

Assuntos Relacionados 

Polêmicas de Eduardo Costa colocaram fim na parceria

(Foto:Reprodução/Internet)
(Foto:Reprodução/Internet)

As polêmicas protagonizadas por Eduardo Costa a partir do “Cabaré 2” foram as principais responsáveis por desgastar a amizade entre os sertanejos. As acusações de estelionato, apoio público a Bolsonaro e acusações de ter vazado fotos íntimas de sua ex namorada foram apenas das algumas confusões que Eduardo Costa se envolveu e fizeram Leonardo começar a querer se desvencilhar do até então amigo.

Com a chegada da pandemia e há tempos sem levar o “Cabaré” adiante, Leonardo e Eduardo Costa resolveram se unir – por questões contratuais – e realizaram uma live sertaneja do projeto. A live da dupla foi uma das mais esperadas de 2020 e bateu recorde de audiência, mas o resultado foi desastroso para a carreira de ambos. Excesso de bebidas, machismo, declarações polêmicas a até um “Eu vou transar pensando no bebê da Thaeme” fizeram Eduardo Costa e Leonardo serem massacrados pela internet e desencadeou em uma rachadura na amizade que nunca mais se consertou.

Logo após a live polêmica, os boatos da briga entre Leonardo e Eduardo Costa começaram a surgir na internet. Na época, uma fonte relatou ao Movimento Country que uma discussão entre os sertanejos quase acabou em agressão, mas nenhum dos dois confirma a briga até hoje. Segundo uma declaração de Leonardo no último ano, as únicas discussões deles eram por causa de música, desculpa que boa parte dos fãs e especialista não comprou.

Abaixada a poeira, Leonardo se apropriou do projeto de Eduardo Costa e passou a realizar outras lives sertanejas sem o idealizador. Nestas, Marília Mendonça, Bruno e Marrone, Jorge e Mateus e Gusttavo Lima assumiram o posto de dupla do pai de Zé Felipe, este último que foi acusado de perder o respeito por Leonardo em uma das transmissões.

Como sempre muito polêmico, Eduardo Costa rasgou o verbo durante uma entrevista e assumiu ter ficado chateado e com ciúmes de Leonardo por ter sido vetado dos outros projetos do “Cabaré”. O sertanejo chegou a relatar que a sensação era a mesma de que “um cara comendo sua mulher”. Dentre polêmicas e sucesso, a parceria entre os dois parece não ter mais volta, assim como as interações nas redes sociais que simplesmente desapareceram.

Assista uma das principais faixas do primeiro DVD “Cabaré”:

Relembre as faixas que compuseram os DVD’s “Cabaré”

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

No total, 46 faixas de sucessos sertanejos compuseram os dois DVD’s do “Cabaré”. Entre músicas de Eduardo Costa, Leonardo e vários outros nomes importantes do cenário nacional, o projeto ficou eternizado no coração dos fãs e, mesmo com as polêmicas, ainda há pessoas que torcem pela volta do projeto.

Roberta Miranda, Matogrosso e Mathias, Milionário e José Rico, Trio Parada Dura e vários outros nomes que marcaram a música sertaneja foram homenageado com o projeto.

Confira algumas das principais músicas sertanejas que marcaram os shows:

  1. “Ainda Ontem Chorei de Saudade”
  2. “Princesa”
  3. “Boate Azul”
  4. “Borbulhas de Amor”
  5. “Vestido de Seda”
  6. “Fio de Cabelo”
  7. “Decida”
  8. “Telefone Mudo”
  9. “Crises de Amor”
  10. “Mal Acostumada” (Participação de Ivete Sangalo)
  11. “Duas Camisas”
  12. Moreninha Linda”
  13. Vá Com Deus”