O maior site sertanejo do Brasil

Peão Giliard Antônio morre ao ser pisoteado por touro de 1 tonelada

0 1.066

O peão Giliard Antônio da Silva, morreu na noite de domingo (13), após ser pisoteado por um touro durante o rodeio da Expoingá, em Maringá (PR).

Giliard Antônio da Silva, 24, montava o touro Cineasta, de 1 tonelada, caiu e levou um pisão do animal.

O peão ainda se levantou, foi socorrido pelo palhaço, mas na sequência ele já cai desmaiado. A informação é que ele sofreu uma fratura na cervical.

O competidor foi socorrido e todas as tentativas de reanimação foram efetuadas, mas ele morreu.
Giliard era considerado um dos melhores competidores de montarias em touros no Brasil.

Foi vencedor de vários títulos, liderou o campeonato em 2016 até sofrer uma forte contusão e ficar afastado.

A competição da noite de domingo era a segunda após seu retorno. O peão se preparava para uma importante competição nos Estados Unidos.

A PBR Brasil emitiu nota sobre o falecimento

É com pesar que a PBR (Professional Bull Riders) Brasil e a Sociedade Rural de Maringá informam o falecimento do competidor Giliard Antonio da Silva, 24 anos, ocorrido durante o Monster Energy PBR em Maringá (PR), na noite de domingo, 13 de maio de 2018.

Todos os procedimentos necessários foram tomados pela equipe médica no local. A PBR Brasil e a Sociedade Rural de Maringá estão dando todo suporte à família do competidor. Pedimos aos fãs muitas orações.

“Minha Fé em Deus é Maior”

Giliard Antônio da Silva sofreu uma fratura na coluna cervical e apesar de ter recebido atendimento, e dos 40 minutos de tentativa de reanimação, ele morreu.

Na sexta-feira (11), ele declarou em entrevista ao SBT Maringá, que a fé dele era maior que o medo. “Tenho medo sim, mas minha fé em Deus é maior”.

Giliard era casado e deixou uma filha de um ano. O rapaz era natural de Monte Belo, em Minas Gerais.

Comments
Loading...