Parrerito vive drama na UTI, mas mantém quadro de saúde estável

0

Estado de saúde do cantor Parrerito, do Trio Parada Dura, ainda preocupa fãs. Apesar de estar sedado, sertanejo apresenta quadro estável

O estado de saúde de Parrerito tem deixado os fãs desesperados. Internado na UTI de hospital e respirando através de aparelhos, o sertanejo está acometido pela Covid-19. Em uma nova atualização do seu estado de saúde, Parrerito apresentou uma melhora clínica, mas ainda segue em aparelhos.

+ Acompanhe as últimas notícias do Movimento Country no Instagram

Segundo atualização da assessoria de imprensa do sertanejo, emitida nesta quinta-feira (03), o cantor do Trio Parada Dura permanece internado na UTI do Hospital Unimed, em Belo Horizonte (MG), com quadro estável, sem intercorrências.

Parrerito apresenta bons sinais vitais e o único suporte intensivo que ele ainda precisa é do respirador mecânico. Não há previsão de alta no momento. Os familiares do sertanejo e fãs pedem orações para que o quadro de saúde do sertanejo apresente melhoras.

Na tarde de ontem (02), houve uma diminuição na sedação. Ele está com a glicemia controlada e apresentando bons sinais vitais, além de um bom padrão de oxigenação. Ainda não há nenhuma previsão de alta.

Aos 67 anos e diabético, Parrerito testou positivo para Covid-19 no último sábado (29) quando precisou ser internado, cancelando as pressas sua participação na live sertaneja do Trio Parada Dura. Os demais integrantes do Trio Parada Dura, Creone e Xonadão, também realizaram exames e testaram negativo para o vírus

Na segunda-feira (31) à tarde o cantor teve um mal súbito e precisou ser intubado na UTI do Hospital Unimed (BH) com 50% do pulmão comprometido e estado grave, mas estável.

Covid-19 Acomete Sertanejos

(Foto: Reprodução Rede Globo)
(Foto: Reprodução Rede Globo)

A Covid-19 tem deixado os fãs da música sertaneja em verdadeiro estado de desespero e, assim como Parrerito, outros astros nacionais viveram drama com a doença. A começar por Cauan, que emocionou o Brasil ao lutar pela vida em UTI e sofrer na mão de bandidos, que aproveitaram para extorquir fãs, o vírus já fez milhares de vítimas, incluindo cantores sertanejos, como Léo Marrone.

Siga o Movimento Country: Google News | Instagram | Twitter | YouTube | Facebook

Grande parte das perdas é pela falta de irresponsabilidade dos sertanejos que, como Jorge e Mateus, promoveram aglomerações em shows e bastidores e geraram revolta nos fãs, assim como Zé Neto, que debochou da pandemia e do número de mortes no país.

Além dos casos citados, Bruno e Marrone, Wesley Safadão, Breno e Caio César, Gabi Martins e vários outros sertanejos testaram positivo para a Covid-19. Criticados nas redes sociais, muitas vezes os cantores tem adotado posturas agressivas e tratam como perseguição.

Deixe uma resposta