Pai de Cristiano Araújo abre processo contra Zeca Camargo

Publicidade

A crônica de Zeca Camargo sobre a repercussão da morte de Cristiano Araújo vai provocar novos desdobramentos.

De acordo com o “UOL”, João Reis, o pai do cantor, e a empresa Cristiano Araújo Produções, responsável pela carreira do sertanejo, abriram um processo de danos morais contra o jornalista da Globo por causa do comentário, exibido pelo canal GloboNews.

O escritório de advocacia do artista confirmou que a ação é de caráter pedagógico. Ou seja, caso o pai e a empresa de Cristiano vençam, Zeca terá que pagar uma quantia para um fundo de cultura sertaneja — ainda a ser criado — e à instituição de saúde Casa de Apoio São Luiz, de Goiânia, mantida pelo cantor Leonardo. Aliás, o valor a ser depositado será definido pelo juiz do caso.

Publicidade

Segundo o processo, a opinião do apresentador da TV Globo ofendeu os fãs de Cristiano Araújo e a música sertaneja, além de ter sido preconceituosa.

Em junho, dias após a morte do cantor, Zeca Camargo criou polêmica ao criticar a “comoção nacional” em relação à cobertura da imprensa sobre o assunto. Ele também chamou Cristiano de “figura relativamente conhecida”.

Na época, diversos músicos detonaram o jornalista e ele teve que pedir desculpas durante o “Vídeo Show”, o que causou outro constrangimento ao global.