Zé Neto foi ameaçado de morte após declarações contra a Lei Rouanet

0
22
Zé Neto e Cristiano são ameaçados de morte após declarações polêmicas (Foto: Divulgação)
Zé Neto e Cristiano são ameaçados de morte após declarações polêmicas (Foto: Divulgação)

Após ficar afastado dos palcos por fraturar 3 costelas, Zé Neto, que faz dupla com Cristiano, chegou a ser ameaçado de morte

Zé Neto recentemente virou o centro das atenções após criticar publicamente a cantora Anitta durante sua apresentação na cidade de Sorriso no MT. Na ocasião, o cantor sertanejo afirmou que não dependia de dinheiro público para realizar seus shows.

Depois dessa declaração, o cantor sertanejo, que já andava conturbada por conta de problemas de saúde causado pelo uso de cigarro eletrônico, viu sua vida virar do avesso.

O parceiro de Cristiano teve que se afastar dos palcos depois que fraturou três costelas durante um treino de box, e teve a sua vida revirada por fãs de Anitta, que relembraram da polêmica foto de sunga e também de declarações machistas e homofóbicas ditas pelo cantor, inclusive criando mal-estar nos bastidores das lives sertanejas.

No entanto, o assunto passou a ficar cada vez mais delicada para Zé Neto. Dezenas de prefeituras tiveram que cancelar as apresentações dos sertanejos depois que começaram a ser investigados pelo Ministério Público e Tribunal de Contas. Segundo apurações prévias, o dinheiro usado para pagar os cachês milionários dos sertanejos, teria sido desviado de investimentos que iriam para a área de educação e saúde.

A situação foi tão complicada que o Movimento Country teve acesso à pessoas próximas da dupla, que afirmaram que o cantor chegou a ser ameaçado de morte, como forma de intimidação após o prejuízo milionário que a declaração da dupla estaria causando nos principais escritórios envolvidos.

Artistas como Gusttavo Lima, Wesley Safadão, Leonardo e Simone e Simaria tiveram shows cancelados por determinação da justiça.

Não é a primeira vez que Zé Neto e Cristiano são ameaçados

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

No final de 2019, a dupla dona de grandes sucessos da música se envolveu em uma forte polêmica. Na ocasião, eles dedicaram o troféu Melhores do Ano do Domingão do Faustão ao presidente Jair Bolsonaro, que havia sido eleito semanas antes.

Na ocasião, o vídeo começou a viralizar nas redes sociais e muitos fãs dos cantores demonstraram decepção com a atitude.

Cristiano revelou durante entrevista para o Jornalista Leo Dias que foi orientado a não expor sua posição política. “Ouvi do Edson [da dupla com o Hudson] que artista não pode ter partido, religião nem torcer para time de futebol. Poxa, isso é muito chato. A gente ficou muito chateado [com a repercussão], porque foi um negócio inocente. Nós nunca postamos nada”, garante.

Zé Neto revela que os dois têm Bolsonaro como amigo particular. “Naquele dia, em que a gente ganhou, mandamos vídeos como aquele para um monte de gente. Estávamos muito eufóricos. Quem mandava mensagem dando parabéns, a gente respondia. E ele [Bolsonaro] mandou uma mensagem parabenizando, e a gente também mandou o vídeo. Só que ele era o Bolsonaro e ele postou. Não foi a gente. A gente nunca postou nada falando de política”.