Briga pelo tema de abertura de “Pantanal” movimentou os bastidores da novela da Globo

0
9
Tema de abertura foi motivo de polêmica antes da estreia de
Tema de abertura foi motivo de polêmica antes da estreia de "Pantanal"(Foto: Reprodução TV Globo)

Globo quase foi obrigada a mudar o tema de abertura da novela “Pantanal” após desentendimento com compositor Marcus Viana, compositor da canção

Pantanal”, novela que está fazendo maior sucesso às 21:00h na Globo, também foi o maior sucesso da antiga TV Manchete, que exibiu a novela de Benedito Ruy Barbosa em 1990, conquistando o primeiro lugar e movimentando a audiência da TV Brasileira na época.

O tema da abertura cantado pelo grupo Sagrado Coração da Terra foi composto por Marcus Viana marcou a história de uma geração que acompanhou a saga de Juma Marruá, interpretada por Cristiana Oliveira.

No entanto, em entrevista ao Observatório da TV o compositor revelou que na ocasião ele foi convidado pelo diretor Jayme Monjardim, para fazer a trilha incidental da novela, mesmo sem conhecer o pantanal.

“Fui chamado para a trilha sonora e trilha incidental. Como eu sempre compus canções e sempre cantei minhas obras, na hora que vi a abertura falei: ‘Vou fazer uma aqui’. Tinha recebido umas imagens aéreas de rios que pareciam capilares, os vasos do planeta Terra como se fossem artérias ou veias de um grande corpo verde. A letra nasceu desta vista aérea, ‘são como veias… os rios que trançam o coração do Brasil’.

O compositor continuou o desabafo “Não fui contratado para fazer abertura nenhuma, mas mandei e fiquei esperando. Passou um mês, liguei de volta. ‘Queria saber se já escolheram a abertura’. A secretária falou: ‘Sei que o que ficou de abertura foi uma chata: Ô ô ô’. Foi assim que descobri que minha canção iria para a abertura. E foi feita de qualquer jeito. Mandei uma nova, toda bem arrumadinha. Ouvi: ‘Está uma bosta, a outra que é boa!’. Televisão tem muito disso.”

Mas diferente do que muita gente imagina, Marcus Viana, não foi chamado para para participar do remake e só descobriu que sua música estava sendo usada, dias antes da estreia da novela.

A Globo, usando a minha voz e a trilha passada de Pantanal, está fazendo uma chamada afetiva para as pessoas que assistiram. ‘Ei, vocês que viram Pantanal, olha aqui, ó!’. A música com imagens em 8K. 8K! Nem sei o que é isso. ‘A turma que ouviu Pantanal, lembra dessa música? Está aqui!’. A emissora está fazendo essa leitura de memória afetiva, uma chamada para o coração das pessoas. Você não lembra direito, mas quando toca a música seu coração bate.” declarou

O novo tema da novela Pantanal deverá ser interpretado por Maria Bethânia com arranjos feitos pelo Almir Sater.

Leia também:

Trilha sonora do remake de Pantanal

(Foto: Reprodução TV Globo)
(Foto: Reprodução TV Globo)

O Brasil está acompanhando a conhecer a história de Juma Marruá e companhia em uma roupagem completamente diferente, e tecnológica, da novela que fez o maior sucesso em 1990 na extinta TV Manchete. Com direção de Bruno Luperi e elenco de peso, “Pantanal” também contará com uma trilha sonora de tirar o fôlego e nós te contamos todos os detalhes agora.

Além de Almir Sater e Maria Bethânia, que cantam a música de abertura de “Pantanal”, outros nomes conhecidos do público também estarão presentes na trilha sonora da novela. Quem canta a música “Amor de Índio“, tema do casal principal Juma e Jove, é ninguém menos que Gabriel Sater, filho de Almir Sater. O jovem ator ainda interpreta o papel de Trindade, o mesmo que o pai deu vida na versão original de Pantanal.

Apesar dos rumores de que a Globo usaria apenas músicas nacionais na trilha sonora de Pantanal, músicas internacionais também farão parte da trama. Iggy Pop empresta “The Passenger” para o tema de Jove, e Alceu Valença será a voz tema de Juma Marruá e José Lucas de Nada com a música “Dois Animais“.

Também fazem parte da trilha sonora o aclamado cantor Belchior, com “Comentário a Respeito de John” e Jair Rodrigues, com a música “Vaqueiro de Profissão“, ambas para José Leôncio, que na trama é representado por Renato Goés e Marcos Palmeira na primeira e segunda parte.

A sonorização também irá apostar fortemente na trilha instrumental para dar emoção às cenas no bioma brasileiro. O produtor musical da novela, Rodolpho Rebuzzi, afirma que “haverá muitas novidades na trilha, além das releituras”, ou seja, músicas novas e gêneros variados farão parte da nova novela da Globo e não ficarão restritas apenas à música caipira.

“As cenas que assistimos na sonorização estão espetaculares. São imagens deslumbrantes! É um trabalho muito grande, e o que eu sinto da equipe é que todos estão muito gratos por terem sido escolhidos para esse projeto. Fazer parte dessa história é uma responsabilidade gigantesca e um prazer enorme. Todo mundo vestindo a camisa, trabalhando e dando tudo o que pode para entregar uma novela que emocione as pessoas. Teremos surpresas bacanas”, destacou Rodolpho em entrevista.