Quem canta a música “Cavalo Preto”, hit da novela “Pantanal”?

75

Toca Cavalo Preto aí! O bordão do personagem Zé Leôncio (Marcos Palmeira), virou o grito dos amantes da música sertaneja nas principais festas de peão do Brasil

A trilha sonora da novela Pantanal tem bombado na TV e fora dela. Durante a exibição da obra de Bruno Luperi, as buscas na internet disparam para descobrir o nome das músicas que embalam a história dos principais personagens do folhetim.

Uma das músicas mais buscadas na internet é “Cavalo Preto”, um dos maiores memes e ícones de Pantanal até agora. Pois bem, se você quer saber quem canta “Cavalo Preto”, te adiantamos que ela é muito antiga! A canção é uma composição de Anacleto Rosas Jr que foi gravada originalmente pela dupla Palmeira e Luizinho no ano de 1946.

Ouça a versão original:

Ícone das modas sertanejas, a música foi regravada mais de 10 vezes. A versão mais famosa é a de Tonico e Tinoco, lançada em 1970. Quando participou de “Pantanal” interpretando Tibério, em 1990, Sérgio Reis também regravou a moda, que faz parte do seu álbum “Pantaneiro”.

Na nova versão da novela exibida pela TV Globo, a canção é interpretada por Chico Teixeira, que também foi escalado para participar da novela interpretando o peão Quim. Para quem não sabe, o famoso cantor também é pai de Isabel Teixeira, a Maria Bruaca de “Pantanal”, que vem fazendo o maior sucesso na novela e ganhou o amor dos internautas.

Inclusive, segundo informações divulgadas exclusivamente pelo Movimento Country recentemente, boatos apontam que a atriz tem ganhado tanta popularidade no Brasil que passou a ser vista com outros olhos e deverá interpretar Marília Mendonça nos cinemas.

Sérgio Reis foi o intérprete de “Cavalo Preto” na primeira versão de “Pantanal”

(Foto: Reprodução/Internet)
(Foto: Reprodução/Internet)

O cantor sertanejo Sérgio Reis, além de ter feito sucesso interpretando Tibério, marcou a geração que acompanhou a novela original por ter inspirado o autor Benedito Ruy Barbosa:

“Convidei Benedito para passar uns dias descansando na minha pousada e ele ficou maravilhado com o Pantanal. A história toda foi escrita como se a fazenda de José Leôncio fosse no meu hotel, e muitas cenas são filmadas lá, como o ninho das cobras, por exemplo”, revelou com exclusividade ao Movimento Country durante entrevista à Enio Silvério e Reinaldo Barriga.

O cantor sertanejo também contou detalhes dos perrengues nos bastidores, e como fez Almir Sater entrar no elenco: “Pantanal foi ‘A Novela’, porque foi feita lá no local. Não teve estúdio, nada. Muito pouca coisa em estúdio. Passamos um ano lá dentro (do Pantanal) com jacarés querendo pegar a Juma e eu meti o pé na cabeça dele, é a realidade, não brincadeira. Eu quem pegava as cobras que aparecia porque eu vivi 18 anos no Pantanal. A gente trabalhava mas se divertia”, declarou se referindo aos locais de gravação e imprevistos.

O intérprete de “Pinga ni Mim” contou que Almir Sater não queria fazer a novela, mas ele deu um jeitinho de convencê-lo: “O Almir não quis fazer a novela, é bom que o povo saiba disso! Eu falei com o Benedito Ruy Barbosa e indiquei o Almir porque o cara é um baita violeiro, é pantaneiro, sabe tudo lá dentro (…) mas o Almir não queria ir, aí eu liguei pra ele e falei: ‘Você vai viver um ano lá, vai pescar, ganhar e ainda vai beijar umas moças bonitas, o que mais você quer?’ e ele aceitou na hora”, terminou aos risos.