Marília Mendonça foi cancelada e sofreu ameaças após fazer campanha contra Bolsonaro

315

Em 2018, Marília Mendonça foi uma das únicas sertanejas que aderiu à campanha do “Ele Não“, sofreu duras consequências e teve que se retratar

Ano eleitoral é sempre época em que comumente vemos artistas dos mais variados segmentos se pronunciarem a favor de candidatos cujas ideias se identificam. No entanto, neste ano tudo está mais quieto do que o normal, já que em 2018 várias polêmicas rondaram artistas como Marília Mendonça, Eduardo Costa, Gusttavo Lima e mais.

Inclusive, a decisão de Gusttavo Lima de não se posicionar politicamente neste ano se deve às polêmicas que trouxe para seu nome devido ao seu envolvimento com Jair Bolsonaro. E em 2018, quando a maioria dos sertanejos foi à favor do atual Presidente da República, Marília Mendonça ‘nadou contra a maré’ e deixou claro suas ideologias.

Na época, a cantora sertaneja aderiu à campanha do “Ele Não”, que ia contra a eleição de Bolsonaro, e deixou bem claro sua opinião: “Não é uma questão de opção política, é uma questão de bom senso! A favor do amor e das nossas conquistas que não podem ser apagadas assim”, disse a favor de mulheres, negros e LGBTQIA+.

No entanto, a postagem não caiu bem para os amantes do sertanejo e apoiadores do Presidente. Marília passou a ser atacada e acabou apagando a publicação. Mais tarde, ela postou uma foto em seu Instagram pedindo desculpas e relatando que ela sua família tinham sofrido ameaças devido à publicação contra o político.

Marília Mendonça foi uma das primeiras – e únicas – representantes da música sertaneja com coragem para se posicionar e dar sua opinião ao público. Se a nossa eterna rainha da sofrência estivesse entre nós, qual será que seria seu posicionamento político?

Leia também:

Saiba quem vai interpretar Marília Mendonça nos cinemas

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Pode não parecer, mas as vidas de Marília Mendonça e Isabel Teixeira, a Maria Bruaca de “Pantanal”, se conectam em vários momentos e sentidos. Sendo ambas artistas feministas que lutam por seus direitos, a história de Marília e Isabel pode voltar a se encontrar nas telas do cinema em um filme sobre a vida da rainha da sofrência. Para quem não sabe, a cantora sertaneja embala a música tema de Bruaca na trilha sonora de Pantanal.

Segundo apurado exclusivamente pelo Movimento Country, que vai de acordo com as informações divulgadas pela coluna Splash do UOL, duas produtoras já demostraram interesse em contar a história de vida fabulosa de Marília Mendonça nos cinemas. Não se sabe a que pé andam essas negociações, mas uma possível protagonista pode ter sido revelada nas entrelinhas.

Essa protagonista seria ninguém menos que Isabel Teixeira, tida pelos internautas como a rainha de “Pantanal”, por causa de suas atuações impecáveis que tem chamado a atenção do Brasil na faixa das 9 da Globo. E qual seria o motivo para tais especulações e burburinhos nos bastidores? Alguns stories que a atriz publicou em seu perfil do Instagram, que está crescendo a cada dia com a popularização na novela.

Em suas redes sociais, recentemente Isabel Teixeira deu algumas pistas que poderia vir a interpretar Marília Mendonça nos cinemas, já que disse em seus stories que estaria estudando a discografia da eterna rainha da sofrência e ouvindo suas músicas para ficar habituada. Além disso, o Movimento Country recebeu a informação de que ela já teria até assistido alguns shows da dupla Maiara e Maraisa, melhores amigas de Marília.

Se tais boatos forem realmente concretizados, teremos a melhor pessoa possível para interpretar Marília Mendonça. Apesar da diferença de idade, que pode ser resolvida com a devida caracterização, as duas se assemelham muito em estrutura corporal, aparência física, jeito de se expressar e outros aspectos, sem falar no carisma ‘de milhões’ que as duas artistas esbanjam.

A artista é considerada uma das maiores do teatro no Brasil e agora finalmente está tendo seu reconhecimento nas telinhas, o que tem lhe rendido uma legião de fãs. Isabel Teixeira é filha do ícone Renato Teixeira, construiu toda sua fama nos teatros pelo Brasil, tendo protagonizado alguns filmes, como “Íris”, e as novelas “Desalma” e “Amor de Mãe”.