Gusttavo Lima se nega a fazer campanha para Bolsonaro após cancelamento

2.364

O cantor sertanejo Gusttavo Lima tomou uma atitude drástica e resolveu se afastar de assuntos políticos após se envolver em polêmicas por causa de Bolsonaro

Gusttavo Lima foi apoiador assíduo de Jair Bolsonaro em 2018. Na ocasião, ele posou ao lado do Presidente da República e declarou seu voto nos quatro cantos da internet, mas a situação está completamente diferente em 2022, já que, embora o sertanejo apoie o armamento e já tenha até curtido uma piscina junto do filho do presidente, está evitando ao máximo falar de política neste ano eleitoral.

Embora tenha preferido se esquivar de polêmicas nestes último meses, Gusttavo Lima se vê perseguido pelo assunto a todo momento, especialmente após seu pai comparecer a um evento com Bolsonaro recentemente. O cantor sertanejo chegou a romper o contrato com uma marca de frigoríficos que rendeu lucros milionários para sua conta, e o motivo se deu após a empresa usar um de seus helicópteros para apoiar Bolsonaro, o que acabou “caindo nas costas” de Gusttavo Lima.

Na ocasião, a assessoria de imprensa do artista divulgou uma nota dizendo que o rompimento não teria relação com assuntos políticos e que mais nada seria comentado, mas fontes nos bastidores da música sertaneja revelam que ele tem se esquivado de contratos com empresas que apoiam abertamente o Presidente.

Os principais motivos para ficar de fora de assuntos políticos são, em sua maioria, as investigações da famosa CPI do Sertanejo, que acabou investigando e colocando em cheque algumas de suas apresentações nos interiores do país, com cachês que ultrapassam os R$ 800 mil. Dessa forma, o melhor seria ficar neutro em relação a opiniões políticas.

É sabido que a maior parte da galera dos sertanejos vota em Bolsonaro, mas a polarização tem feito a maior parte deles recuar sobre o que publica e quem apoia, já que hoje em dia a onda do cancelamento está mais forte do que nunca, e o próprio Gusttavo Lima já experimentou isso, já que desde a CPI do Sertanejo vem sofrendo ataques e pressão pública na internet.

Para o Embaixador, não é rentável apoiar Bolsonaro, e como um excelente empresário que sabe como ninguém cuidar de sua imagem e negócios, certamente isso não acontecerá.

Leia também:

Gusttavo Lima ‘proibiu’ amigos de conhecer mansão

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Na última semana, Gusttavo Lima completou 33 anos e, em comemoração ao seu aniversário e sucesso na carreira, no qual ele ostenta o maior cachê sertanejo do momento e já está com a agenda de 2023 a mais procurada pelos contratantes, o cantor sertanejo resolveu dar uma festa de aniversário em sua mansão, que é avaliada em cerca de R$ 50 milhões.

No entanto, segundo informações do colunista Leo Dias, o evento foi exclusivo para amigos e pessoas próximas, sendo restrito para apenas 200 pessoas e deixando influenciadores de fora, já que, para muita gente, tais profissionais “só vão para aparecer”. Entre os presentes estavam Guilherme e Santiago, Hugo e Guilherme, Thiago Brava, Marquinhos da AudioMix e sua esposa Lívia Andrade, que perdeu um programa sertanejo na Band.

O curioso é que, embora a festa tenha sido realizada na fazenda do cantor sertanejo, os convidados estavam estritamente proibidos de entrar na mansão do Gusttavo Lima, tendo sua presença limitada ao salão de festas montado no local – e com uma distância considerável da residência.

O assunto deu o que falar e gerou polêmica nas redes sociais, dividindo a opinião dos internautas. Para alguns, o cantor sertanejo agiu certo em proibir a entrada em sua mansão, mas para outros, já que aquele grupo de pessoas era excepcionalmente de amigos próximos, não haveria problema.

Apesar da polarização de opiniões, fato é que muitas pessoas ainda sonham em conhecer a mansão do Gusttavo Lima. Para isso, embora o sertanejo não tenha mostrado para seus convidados, o Movimento Country reuniu fotos e informações que certamente vão te deixar surpreso (a). Confira conosco clicando aqui.

[onionbuzz quizid=1][/onionbuzz]