Início Notícias Sertanejas Em meio a polêmica, Fernando Zor volta a atacar Simone e Simaria...

Em meio a polêmica, Fernando Zor volta a atacar Simone e Simaria “Nunca cantaram sertanejo”

0
17
Fernando Zor volta atacar a dupla Simone e Simaria (Foto: Reprodução Instagram)
Fernando Zor volta atacar a dupla Simone e Simaria (Foto: Reprodução Instagram)

Fernando Zor, parceiro de Sorocaba, não passou despercebido ao fazer um comentário enigmático sobre a dupla sertaneja Simone e Simaria

Fernando Zor, da dupla com Sorocaba, vem dando o que falar na mídia há alguns meses, principalmente por seu relacionamento com Maiara, que após mais uma separação, reataram o romance pela 11ª vez. Entretanto, o cantor sertanejo se enfiou em uma de suas maiores polêmicas do ano, ao falar o que pensa sobre Simone e Simaria.

Ao ver uma publicação no Instagram questionando quem seriam as melhores artistas femininas do sertanejo, o artista resolveu comentar sua opinião, e ponderou que as coleguinhas cantam muito, mas não fazem parte do gênero. “Simone e Simaria cantam muito, mas não são do gênero sertanejo, são cantoras de forró“, disse ele.

Na época, Simone chegou a responder publicamente o comentário de Fernando Zor, após uma pressão popular, e mostrou não ter ligado para a situação. “Vocês são terríveis. Eu sou cantora, eu canto de tudo. Amo todos os estilos e amo em Cristo Maiara e Maraisa, e Fernando também”, garantiu.

Em clima de retrospectiva, Enio Silvério e Reinaldo Barriga, que comandam o podcast EnterHits, em parceria com o Movimento Coutry, relembraram a situação que deu o que falar há algumas semanas.

Elas começaram realmente cantando forró. Só que em determinado momento os empresários resolveram também focar no mercado de São Paulo, e começaram a fazer esse trabalho. Fizeram um acordo com a produtora Áudio Mix, que na época fazia muito sucesso, era uma produtora exclusiva de música sertaneja. E elas ganhando esse “banho” da Áudio Mix, puderem ser reconhecidas e foram aceitas pelo público sertanejo como cantoras de forró“, pontuou Enio.

Então, a gente tem que obedecer e acreditar no gosto popular. Se não houve na época nenhum tipo de barreira pelo público em relação à entrada de Simone e Simaria ao mercado sertanejo, porque agora nós teríamos que discutir isso? Elas têm mais sucesso no mercado do sertanejo do que no mercado do forró. Então, sertanejas elas assim são“, completou o apresentador.

Kaká Diniz seria o pivô da separação de Simone e Simaria

(Foto: Arquivo pessoal)
(Foto: Arquivo pessoal)

A dupla sertaneja Simone e Simaria se tornou um fenômeno em todo o Brasil após o imenso sucesso do primeiro DVD gravado de forma independente intitulado “Bar Das Coleguinhas”.

Rapidamente, o trabalho realizado com muito esforço conquistou o Brasil e trouxe sucessos como “Quando o Mel é Bom” e “Meu Violão e o Nosso Cachorro”. As irmãs despontaram para o sucesso, assinaram o contrato com a Universal Music, a maior gravadora do mundo, e acabaram parando na telinha da TV, como técnicas do The Voice Kids.

Os fãs comemoraram a conquista das irmãs, que desde muito pequenas e de família pobre, lutaram para alcançar seus sonhos, mas não esquecem de momentos duros que passaram como a perca do pai, que era garimpeiro e foi enterrado como indigente.

Antes de chegar ao sucesso desejado, as irmãs integraram o grupo “Forró Moído” e também foram backing vocals de Frank Aguiar. Todo esse processo profissional foi dirigido pela primogênita, Simaria, que não mediu esforços para chegar onde chegou.

Seu esforço e dedicação durante todos esses anos lhe custaram caro. A irmã de Simone teve que se afastar dos palcos após ser diagnosticada como tuberculose ganglionar há alguns anos, o que lhe obrigou a se afastar dos palcos e do programa de TV.