EXCLUSIVO: Justiça condena Fernando Zor a indenizar seguidora que ganhou um carro no Instagram

0
25
Fernando Zor é condenado a indenizar seguidora (Foto: Reprodução/Instagram Oficial)
Fernando Zor é condenado a indenizar seguidora (Foto: Reprodução/Instagram Oficial)

A Justiça de São Paulo condenou Fernando Zor, da dupla com Sorocaba, a pagar uma indenização por danos morais à uma seguidora que participou do sorteio de um automóvel realizado no Instagram do cantor

O cantor sertanejo Fernando Zor, da dupla Fernando e Sorocaba, terá que indenizar uma seguidora por danos morais. A decisão, publicada no dia 20 de abril desse ano, é assinada pelo juiz Luiz Augusto Esteves de Mello, da 1ª Vara Cível de Presidente Prudente. A autora alegou no processo que, em meados de setembro do ano de 2020, tomou conhecimento da realização do sorteio de um automóvel Jeep Renegade 0km, através do Instagram do cantor.

Ela explicou que se atentou a cumprir todas as regras, como os requisitos a serem preenchidos pelos participantes para que a participação dela fosse válida. Ocorre que, no dia 24 de outubro às 10 da manhã, segundo ela, o dia tão esperado do sorteio, viveu o melhor e o pior de seus dias.

À Justiça, a participante do sorteio relatou que foi dada como ganhadora do veículo, e a informação foi divulgada no story da página do sorteio, tendo ainda sido certificada de que somente precisaria aguardar até a data da entrega do grande prêmio, tendo sido “informada de que o próximo passo seria o recebimento do prêmio”.

No entanto, segundo ela, após alguns minutos, recebeu nova informação de que teria havido um equívoco, e que não seria a real ganhadora, então depois disso ficou sem saber o que houve. Se sentindo enganada, a mulher entrou na Justiça com contra Fernando Zor, tendo processado o cantor sertanejo em R$ 123 mil, que inclui o pedido da entrega do Jeep Renegade 0km, e ainda indenização de R$ 50 mil por danos morais.

No processo, ela ainda explicou que houve a divulgação do sorteio do veículo pelo cantor sertanejo. Segundo a autora, o sorteio correu pela sequência numérica da Lotomania de 23 de outubro de 2020, às 20:00h.

Saiba o resultado do processo movido pela vítima

(Foto: Cadu Fernandes)
(Foto: Cadu Fernandes)

Com o resultado publicado em abril deste ano, o pedido para entrega do automóvel foi julgado improcedente, uma vez que a Justiça considerou que a publicação do Instagram, apesar de equivocada, não tinha o caráter oficial atribuído.

Já em relação aos danos morais, o magistrado considerou que a frustração da seguidora ao constatar o erro gritante da publicação na página, seria o caso de reparação por danos morais: “Este estado de espírito a que foi levada, supondo-se ganhadora, seguido da imensa frustração ao constatar o erro gritante da publicação na página a qual havia acreditado, é, sem dúvida, fato que enseja a indenização por danos morais”, afirmou o Juiz na sentença.

Fernando Zor, Zor Produções e Participações LTDA e Adriane dos Santos Camargo – ME, foram condenados, em primeira instância, a pagar R$ 10 mil por danos morais à autora.