Eduardo Costa sofre com boicotes após polêmicas e luta para reerguer carreira

857

Longe de polêmicas e cada vez mais se mostrando ser um cara ‘do bem’, Eduardo Costa trava uma verdadeira batalha para voltar à boa forma no mercado da música sertaneja

O cantor sertanejo Eduardo Costa é um dos mais famosos da sua geração, mas viu sua carreira entrar em declínio devido ao envolvimento em várias polêmicas ao longo dos anos, principalmente no que diz respeito à live Cabaré em 2020, que acabou ocasionando no rompimento de sua amizade com Leonardo e a saída da “Talismã.

Embora as polêmicas do “Cabaré” tenham marcado sua trajetória, Eduardo Costa também viu seu nome parar nos principais jornais do Brasil devido aos seus escândalos com ex-namoradas – que não foram poucos. O cantor sertanejo chegou a ser acusado de vazar fotos íntimas de Victoria Villarim e se envolveu em polêmicas com Lola Melnick e Helen Ganzarolli.

Mais recentemente, ele foi denunciado pelo Ministério Público de Minas Gerais pelo crime de estelionato referente à troca de uma mansão em Capitólio por uma em Belo Horizonte, na qual ele tenta vender atualmente e luta para se livrar do processo na Justiça. 

Como consequência das suas polêmicas, o cantor sertanejo passou a ser boicotado por contratantes e muitos fãs da música sertaneja, que deixaram de ir aos seus shows e de ouvir seus projetos. Paramos de ver Eduardo Costa se apresentar nas maiores festas do peão do Brasil, como a Festa do Peão de Barretos e o Jaguariúna Rodeo Festival, por exemplo. A maior parte da sua agenda de shows passa por cidades do interior, e ele ainda fica de fora dos grandes eventos sertanejos.

Isso porque os grandes contratantes estão optando por cantores sertanejos que tenham grande aprovação perante o público. Embora Eduardo Costa tenha uma das vozes mais potentes da música sertaneja, ele ainda tem a sua imagem associada às polêmicas e divide opiniões de muita gente, mas vem trabalhando incessantemente nos últimos anos para se livrar desse pré-conceito.

O cantor sertanejo passou em investir em empresas fora da música sertaneja e vive uma vida mais reclusa ao lado da noiva Mariana Polastreli e seus filhos, onde passa por um período de mudanças, conforme disse em entrevista recente ao R7: “Estou em uma nova fase da minha vida, da minha carreira, de mudanças. Mudança de escritório, com filho pequeno, de mudança de Minas Gerais para São Paulo. Não tinha gravado a música pensando nisso, mas veio a calhar”.

Dessa forma, Eduardo Costa vem tentando mostrar que é um cara “do bem”. Embora tenha se envolvido em várias polêmicas, ele quer mostrar que é ainda maior que tudo que já passou e pode, de fato, reconquistar seu lugar.

Leia também:

Cantor sertanejo tem investido em empresas milionárias

(Foto: Reprodução Instagram)
(Foto: Reprodução Instagram)

Apesar de tudo, Eduardo Costa se reergueu e hoje tenta escapar das polêmicas enquanto curte o noivado com Mariana Polastreli, e encontrou uma forma de lucrar ainda mais do que na música: com seus investimentos, que o Movimento Country foi a fundo e descobriu quais são.

Dono de empresas milionárias, Eduardo Costa se reinventou e passou a investir cada vez mais em empresas próprias nos últimos anos. Um dos seus principais negócios é o ‘Haras Eduardo Costa’, onde ele cria, vende e leiloa cavalos de luxo que rendem lucros inacreditáveis para sua fortuna. O Haras é responsável por vários eventos beneficentes que o sertanejo realiza todos os anos.

Muita gente não sabe, mas além do Haras, Eduardo Costa tem uma marca de roupas e bonés, que ele vende nos shows, em lojas online e autorizadas. Os modelos são vários para os fãs e vão desde roupas para o dia a dia até os modelos idênticos aos que ele usa nos seus shows.

Além disso, o cantor sertanejo está prestes a lançar uma marca de cigarros palheiro próprio, o que vai aumentar ainda mais essa margem de lucro fora da música. Outro investimento recente do cantor é a ‘Cachaça Haras Eduardo Costa’, que está começando a ser divulgada em suas redes sociais.