Afinal de contas, quem é o dono da Cerveja Cabaré?

19.984

Será que a Cerveja Cabaré, marca patrocinadora da live que acabou em confusão com a dupla Bruno e Marrone, é propriedade do cantor Leonardo?

O assunto das últimas semanas no meio da música sertaneja é a live ‘Cerveja Cabaré’, realizada entre Leonardo e Bruno e Marrone, que acabou em muitas polêmicas e um climão instaurado após Bruno destratar Marrone ao vivo, o que gerou revolta nos fãs e muitas críticas ao cantor sertanejo.

No entanto, o que a internet vem se perguntando é quem é o dono da cerveja Cabaré. Como o produto leva o mesmo nome do projeto que Leonardo segue sem o ex parceiro Eduardo Costa, os fãs estão confundidos sobre quem tem a propriedade da marca. O que confundiu ainda mais o púbico foi o fato do pai de Zé Felipe, o jovem que vem se destacando pelo cachê altíssimo nos shows, é o garoto-propaganda da cerveja Cabaré.

Após muitos questionamentos, o Movimento Country pesquisou qual é a verdadeira autoria da cerveja Cabaré. Leonardo não é o dono da cerveja Cabaré, e sim o engenho Dom Tapparo e o Grupo Petrópolis, que se uniram e criaram a marca.

O Grupo Petrópolis tem em seu catálogo cervejas como Itaipava e Petra, enquanto o engenho é dono da Cachaça Cabaré e Cabaré Ice, que fazem o maior sucesso no mercado. Dessa forma, o cantor sertanejo Leonardo, por ter relação com o nome na cachaça, foi chamado para ser garoto-propaganda e o resultado foi uma explosão na popularidade da marca.

Por outro lado, o show “Cabaré” é de propriedade de Leonardo e sua empresa “Talismã“. Desde que rompeu a parceria com Eduardo Costa, o projeto é alvo de discussão de ambos os lados e entre os fãs. Eduardo Costa alega ser o grande criador da marca, mas ela foi registrada em nome da empresa Talismã, portanto na lei ela pertence ao grupo de Leonardo.

Em várias entrevistas, Eduardo Costa condenou a “traição” de Leonardo em continuar o projeto com outros sertanejos após o sucesso que fizeram juntos. Em várias situações, o sertanejo disse que só fazia o “Cabaré” com Leonardo, e boatos surgiram que ele estava cogitando buscar por seus direitos na Justiça.

Saiba mais:

Leonardo decreta o fim do “Cabaré” após polêmicas

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Leonardo estava enganado quando achou que o rompimento com Eduardo Costa fosse resolver seus problemas com o “Cabaré“. Desde a saída do ex amigo, que diz ser o criador do projeto, vários nomes passaram pelos palcos do “Cabaré”, mas nem todos agradaram o público da mesma forma. No entanto, a polêmica da humilhação do cantor Bruno para com Marrone na última transmissão pode ter sido o estopim para o pai do Zé Felipe. 

Segundo uma fonte próxima a Leonardo, ouvida exclusivamente pelo Movimento Country, o cantor sertanejo está decidido em colocar um ponto final no “Cabaré”. Mas calma, o projeto não será cancelado agora, visto que há quase 100 datas da turnê para cumprir e mais um cruzeiro no fim do ano.

Leonardo deve encerrar o “Cabaré” assim que os compromissos com Bruno e Marrone chegarem ao fim, o que acontece ainda em 2022. Para o ano que vem, conforme relata a fonte, o cantor sertanejo pretende focar em projetos pessoais e se esquivar das polêmicas que o projeto sempre traz para a sua vida.

A maior motivação para Leonardo cancelar o “Cabaré” são as polêmicas que rondam o projeto desde o rompimento com Eduardo Costa, ainda em 2020. O cantor sertanejo estaria incomodado com tamanha exposição e, por isso, teria tomado a decisão drástica de cancelar o projeto.