Cantora sertaneja pede indenização milionária em processo contra a Workshow

199

Cantora sertaneja Luiza, ex dupla de Maurílio, enfrenta um processo milionário contra a Workshow, onde acusa empresário de desviar mais de R$ 2 milhões

Uma polêmica tem agitado os bastidores da música sertaneja, sobretudo entre aqueles que são agenciados pela Workshow, que cuida de alguns dos maiores nomes do país, como Henrique e Juliano, que encerraram seu contrato recentemente, Maiara e Maraisa, e cuidava de Marília Mendonça antes da sua morte. Uma das agenciadas era Luiza Martins, ex dupla do cantor Maurílio, que também morreu no fim do ano passado.

A cantora pegou todo mundo de surpresa ao mover um processo milionário contra o empresário Wander Oliveira por danos morais. Segundo informações do portal Em Off, ação que corre na Justiça, Luiza afirma que a Workshow firmou vários contratos em nome da dupla sertaneja, mas nunca repassou os valores recebidos nos contratos para os cantores.

“É crucial destacar que o Contrato de Agenciamento previa que, enquanto o empreendimento artístico não auferisse lucro, o Sr. Wander pagaria mensalmente à cada um dos integrantes da dupla o irrisório importe de R$ 2.500,00 mensais, além do pagamento de vestuário para shows. Apesar do sucesso que Luiza & Maurílio alcançavam, [Luiza] jamais recepcionou qualquer valor além dos R$ 2.500,00 referentes à ajuda de custo ajustada, sob a alegação do Sr. Wander de que, durante todos estes anos, o empreendimento artístico não teria dado lucro”, declara a defesa da cantora.

Apesar da resposta do empresário de que Luiza e Maurílio ainda não teriam dado lucro, a cantora sertaneja afirma que os contratos fechados eram de valores milionários. Por isso, ela pede na Justiça uma indenização de R$ 2.146.597,03 por danos morais. Além disso, a cantora sertaneja exige uma multa de R$ 30 milhões referente às irregularidades cometidas pela Workshow ao longo dos 5 anos de contrato.

Tanto a empresa quanto o empresário não se pronunciaram sobre o assunto.

Workshow perde um dos seus maiores nomes: Henrique e Juliano

(Foto: Reprodução/Internet)
(Foto: Reprodução/Internet)

Henrique e Juliano são hoje a maior dupla sertaneja do país e, além de ostentarem um dos maiores cachês sertanejos da atualidade, tem várias músicas entre as mais tocadas nas plataformas de streaming. Tudo isso, aliado da sua potência com o público brasileiro, fizeram os irmãos tomarem uma atitude drástica e romperem o contrato com a WorkShow, empresa que gerenciava sua carreira.

Segundo informações do colunista Leo Dias, Henrique e Juliano decidiram não renovar o contrato com a empresa, que encerra em outubro deste ano. A WorkShow gerenciava os irmãos desde o início da carreira, além de nomes conhecidos como Maiara e Maraisa e Marília Mendonça.

“Vamos decidir se a administração da nossa carreira será em conjunto ou se caberá apenas a nós”, disse o cantor Henrique ao colunista. Caso optem por gerenciar a própria carreira, Henrique e Juliano estarão seguindo os passos de nomes como Gusttavo Lima e Anitta, que bombaram mais ainda depois de romperem seus respectivos contratos e tomarem suas próprias decisões profissionais.

A assessoria da dupla sertaneja afirma que não tem detalhes sobre a negociação, já que ocorre entre os aristas e o escritório. Com a notícia, alguns fãs estão apostando em uma suposta briga entre as partes, informação que aparentemente não procede, já que nada foi divulgado até o momento e essa parece ser uma decisão pacífica.

Enquanto isso, a agenda de Henrique e Juliano continua sendo a mais buscada do Brasil, e você pode conferi-la clicando aqui.