Motivo da briga entre Cristiano Araújo e Gusttavo Lima vem à tona: “Morreu sem perdoar”

118

Cristiano Araújo morreu brigado com Gusttavo Lima e agora um compositor revelou tudo por trás do desentendimento entre os sertanejos

Cristiano Araújo e Gusttavo Lima eram os dois maiores nomes da música sertaneja em 2015, quando o intérprete de “Maus Bocadosmorreu aos 29 anos em um acidente trágico de trânsito, junto de sua namorada Allana Coelho Pinto de Moraes, de 19 anos. O veículo (Range Rover) recém adquirido por Cristiano era conduzido pelo motorista e estava a 179 Km/h.

No entanto, muita gente não sabe que Cristiano Araújo morreu brigado com Gusttavo Lima, e por muitos anos os motivos dessa briga nunca foram revelados ao público, mas recentemente o compositor Bigair Di Jayme revelou ao programa Balanço Geral que os sertanejos se desentenderam por causa da música “Mente Pra Mim“.

Na ocasião, o compositor alega ter escrito a música e encaminhado para ambos os sertanejos (prática comum entre compositores que desejam vender suas obras), e Cristiano Araújo acabou segurando a composição primeiro. Nesse tempo, Gusttavo Lima se interessou pelo produto e pediu para gravar a música, mas foi informado de que o ‘concorrente’ já teria a pegado.

Dessa forma, Gusttavo Lima se enfureceu e acabou a gravando ilegalmente, inclusive soltando a sua versão na internet, eenquanto Cristiano Araújo, que tinha a liberação, a gravou no seu DVD. Bigair ainda afirmou que Gusttavo Lima teria tentado agredi-lo, alegando que a música era sua.

Tal situação teria deixado Cristiano Araújo chateado, que também queria partir para cima de Gusttavo Lima, mas foi segurado pelo compositor. O desfecho dessa história não foi dos melhores e Cristiano morreu sem fazer as pazes com Gusttavo.

Mais recentemente, o empresário Rafael Vanucci, em entrevista ao canal Prosa Sertaneja, revelou que a briga teria acontecido via redes sociais, mas que sabe o motivo concreto para o estranhamento dos sertanejos:

Eles tiveram uma discussão por WhatsApp. Mas nunca foram inimigos. Lembro que tivemos um encontro dos dois e vários artistas, que eu estava, e eles não se falaram. Acho que quando o Cris partiu, não me lembro de eles terem feito as pazes, não chegaram a conversar“, disse.

Eram dois artistas jovens buscando o seu espaço constantemente. Aí o Gustavo brilhava sozinho naquele meio solo e chegou o Cristiano… Os dois eram concorrentes, mas nem por isso, um competia com o outro. Isso se tornou uma proporção muito maior do que era”, finalizou.

Leia também:

Vida de Cristiano Araújo pode ser contada em série

(Foto: Flaney Gonzallez)
(Foto: Flaney Gonzallez)

A corrida das plataformas de streaming para contar a história de grandes nomes da música sertaneja aqui no Brasil é grande. Depois do sucesso da série “É o Amor – Família Camargo”, estrelada por Zezé Di Camargo e Wanessa Camargo, a Netflix, que já garantiu a produção de uma série sobre Marília Mendonça, confirmada pelo ex-empresário da artista Wander Oliveira, agora mira em Cristiano Araújo.

O cantor sertanejo, que morreu em um trágico acidade na cidade de Morrinhos (GO), enquanto voltava de um show juto com sua namorada Allana Moraes, deve ser a nova aposta da plataforma de streaming.

Mesmo 7 anos após a sua morte, Cristiano Araújo está entre os artistas sertanejos mais executados nas plataformas de streaming, e desde sua morte recebe anualmente a visita de centenas de fãs que se deslocam de várias cidades do Brasil para visitar o cemitério onde o cantor foi enterrado.

O filho de João dos Reis mantem a média de 2 milhões de ouvintes mensais no Spotify, e soma mais de 1,7 bilhões de visualizações em seu canal do YouTube. Seu último trabalho foi realizado em Cuiabá, onde gravou seu último registro audiovisual, o DVD “In The Cities”.