Após ofender enfermeiras, Naiara Azevedo exige fim de isolamento e volta dos shows

0
93

Naiara Azevedo gera revolta após brigar com Bolsonaro, ignorar pandemia e exigir volta dos shows: “Preciso pagar minhas contas”

Após emagrecer mais de 30 kg e aparecer irreconhecível no Instagram, a cantora Naiara Azevedo, que se envolveu em polêmica ao ofender enfermeiras em música recentemente, voltou a causar confusão e gerou revolta após ignorar pandemia e exigir volta dos shows.

Acompanhe as últimas notícias do Movimento Country no Instagram

Em um pronunciamento em seu Stories, Naiara Azevedo cobrou atitudes de Bolsonaro e ainda disparou que os sertanejos não tinham coragem de se pronunciar, mas ela exigia a volta dos shows pois estava em crise:

“Bolsonaro, meu coleguinha, é tu que representa o Brasil? É tu que manda na porr* toda? Pois bem, então quero resolver meu negócio com você. Eu, em nome dos meus amiguinhos artistas que não têm coragem de falar contigo, estamos precisando resolver a nossa situação, bater um lero. Vamos marcar um encontro? Eu, você e uma galera para resolver isso aí? O que você vai fazer pela gente? Não está dando mais aqui, não. Ou resolve ou resolve”, disparou.

“Eu preciso trabalhar. Estou com saudade do palco? Estou! Mas eu estou com saudade de pagar as minhas contas em dia também. E ninguém está preocupado com isso. O que a gente ganhou em cinco anos está torrando tudo agora”, continuou a cantora, que ainda questionou se o Coronavírus só ‘pegava em shows’, o que gerou muita revolta da população.

Confira o pronunciamento completo:

Logicamente o vídeo não gerou uma boa repercussão e a sertaneja foi detonada nas redes sociais, com o Brasil ainda registrando grande alta de mortes. “Ridícula, só pensa nela, e os milhares de mortos? Onde ficam?”, disparou uma internauta.

Leia também

Entenda a polêmica com enfermeiras

(Foto: Internet)
(Foto: Internet)

Naiara Azevedo se envolveu em uma grande polêmica ao participar da música “Boqueira”, ao lado de Gil Mendes, que ofendia enfermeiras e deixava com imagem pejorativa.

A canção fala sobre um homem que trai a mulher e, em um determinado trecho da letra, as cantoras disparam: “o meu desejo é que ele pegue uma boqueira e que a rapariga não seja enfermeira”. O trecho logo caiu na internet e as cantoras foram detonadas por internautas.

Siga o canal do Movimento Country no YouTube

Tomando conhecimento da letra, o Conselho de Enfermagem da Paraíba (Coren-PB) emitiu uma nota de repúdio contra a música, alegando que era uma ofensa à profissão:

“A letra da música reduz o trabalho realizado pela profissionais de enfermagem, incitando o preconceito contra as enfermeiras que exercem o papel fundamental do cuidar humano nas instituições de saúde”, dizia parte da nota.