fbpx

Após polêmica com dupla sertaneja Naiara Azevedo demite mais de 100 funcionários

0

O marido de Naiara Azevedo anunciou a demissão de mais de 140 funcionários, após a cantora ter dezenas de shows cancelados

A cantora sertaneja Naiara Azevedo demitiu 140 funcionários da NA Produções, sua empresa depois de se envolver em uma polêmica com João Bosco e Vinicius.De acordo com o colunista Leo Dias, do UOL, o marido da artista, Rafael Cabral, confirmou a notícia da demissão em massa.

Siga o Movimento Country no Instagram e acompanhe as principais notícias

Nós temos 140 colaboradores aqui. Ninguém se preparou para essa paralisação. Fomos um dos primeiros a parar nessa quarentena. Tenho funcionários que trabalham comigo há mais de 6 anos e eu jamais daria as costas para alguém. O que eu fiz foi chamar todos os funcionários e fazer um acerto com eles da melhor maneira possível“, disse.

Mas de acordo com o marido de Naiara, o plano é recontratar a equipe daqui a quatro ou cinco meses, quando a crise estiver passando. “Em agosto ou setembro, devemos voltar, e eu vou contratá-los de volta. 100% dos nossos funcionários são CLT. Terão direito a FGTS, seguro-desemprego e mais o acordo que fizemos“, falou, a Leo Dias.

Naiara Azevedo teria “roubado” música de João Bosco e Vinícius

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

A cantora sertaneja se envolveu em uma enorme polêmica essa semana após ter gravado a mesma música que a dupla João Bosco e Vinicius. Os cantores tinham a exclusividade de Onde Não Tinha Espaço por um ano (com o fim do contrato em julho de 2020). Até lá, a composição de Henrique Castro e Elvis Elan, que já apareceu em dois projetos dos sul-mato-grossenses, não pode ser gravada por nenhum outro artista.

João Bosco e Vinícius usaram as redes sociais para criticara duramente a a cantora sertaneja Naiara Azevedo, após ela lançar a mesma música que eles apenas um dia depois.

Clique aqui para receber as notícias no seu Messenger

A dupla afirma que tinha um contrato de exclusividade para produzir a canção, com validade até julho.

“Nunca, em toda nossa história de 26 anos de carreira e quase 20 de estrada, gravamos uma música sem as devidas liberações e exclusividade. Aqui é na base do contrato, do preto no branco, do jogo limpo“, afirmou a dupla, em post na sua conta no Instagram, em que também mostraram o contrato de exclusividade da música.

A canção em questão é Onde Não Tinha Espaço, de autoria de Elvis Elan e Henrique Casttro, que, pelo contrato apresentado pela dupla, teria seu direito de reprodução exclusivamente concedido a eles por um período de 12 meses.

No entanto, Apesar disso, a música teve uma versão ao vivo liberada pela dupla João Bosco e Vinícius no dia 1º e outra no dia seguinte, por Naiara Azevedo.

 

Deixe uma resposta