Ministra Marta Suplicy recebe requerimento para tombar Queima do Alho

0 109

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

\"Ministra

A ministra da Cultura, Marta Suplicy, foi recebida nesta segunda-feira (19), pelo presidente de Os Independentes, Hugo Resende Filho e demais autoridades, durante visita a Barretos.

Após apresentar o Vale Cultura, umas das principais diretrizes de sua gestão, na Estação Cultura, a ministra seguiu para o Parque do Peão. No Rancho Ponto de Pouso, almoçou o prato típico da tradicional Queima do Alho.

Na ocasião, o presidente de Os Independentes e o pesquisador Edemilson José do Vale entregaram à Marta Suplicy o requerimento do Registro da Queima do Alho como Patrimônio Imaterial da Cultura Brasileira. “Trata-se de um protocolo do ofício para solicitar a abertura do processo. É uma pesquisa para mostrar ao Ministério, ao Iphan e à Unesco que a Queima do Alho pode ser tombada”, disse o pesquisador Edemilson José do Vale, coordenador geral da pesquisa.

Para Edemilson, o tombamento tem importância fundamental para a manutenção cultural da Queima. “É uma garantia de preservação. O governo estimula a manutenção de todo bem registrado.”

O estudo durou quatro anos e foi promovido por meio de parceria entre Os Independentes e a AGCIP (Associação de Gestão Cultural no Interior Paulista). “Para Os Independentes, é um orgulho incentivar a cultura”, disse o presidente Hugo Resende Filho.

Ao longo da pesquisa, a Queima do Alho viajou pelo Brasil para que a cultura fosse difundida. A tradicional culinária do peão de boiadeiro foi apresentada em eventos como a Rio+20, em 2012, no Encontro Nacional da Diversidade Cultural, em 2010, além de ter sido levada à Alesp (Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo), para que deputados estaduais conhecessem a cultura.

Após receber o requerimento, a ministra se mostrou otimista em relação ao tombamento. “Agradeço e vou encaminhar a solicitação à presidente do Iphan, Jurema Sousa Machado, para que seja analisado. Sou paulista, conheço a importância da Queima do Alho e sei que merece ser tombada”, afirmou. O Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) analisa a pesquisa e encaminha à Unesco.

O evento contou com a presença do prefeito de Barretos, Guilherme Ávila, do presidente da AGCIP (Associação de Gestão Cultural no Interior Paulista), Samir Karnib, dos deputados federais Vicente Cândido e Newton Lima, além de João Manoel da Costa Neto, assessor parlamentar da Secretaria de Estado da Cultura, entre outras autoridades.

Comentários
Loading...