Marrone ‘abandona’ Bruno após humilhação em live e choca ao surgir com dupla sertaneja inesperada

Por essa ninguém esperava! Marrone, da dupla com Bruno, surgiu em um encontro inesperado com o cantor Tayrone e arrebentou nos vocais

O cantor sertanejo Marrone, que constantemente reclama que tem que se segurar para não acabar com a dupla e já sofreu uma série de humilhações em lives sertanejas pelo parceiro, foi envolvido em um escândalo milionário recentemente e não se abalou, já que passou o fim de semana curtindo uma boa companhia entre amigos, incluindo o cantor Tayrone, que desponta como uma das maiores promessas nacionais.

Tayrone estava de viagem por Goiânia este fim de semana e aproveitou para encontrar Marrone, com quem tem uma grande amizade, embora a maioria das pessoas não saibam. No encontro, os dois formaram uma dupla sertaneja improvisada para cantar algumas músicas e a parceria deu o que falar entre os fãs, que amaram e deixaram muitos comentários elogiando a performance.

Assuntos Relacionados 

“Aôôô treeeem!!! Domingão encerrando com sucesso. “Te Amar Foi Ilusão” com esse fera. Que honra papa @marrone, tmj…”, legendou Tayrone em uma postagem no Instagram. Assista:

Marrone, que segundo Eduardo Costa é boicotado nas gravações dos discos da dupla, vem chamando atenção nos últimos tempos com algumas declarações de que tem que se segurar para não encerrar a dupla com Bruno. O motivo é a constante bebedeira do amigo, que se descontrola e acaba falando o que não devia na maioria das vezes, mas apesar dos pesares eles continuam juntos e cada vez mais unidos, inclusive já voltaram a se apresentar com público.

Marrone foi envolvido em escândalo de fraude e dívida milionária

(Foto: Reprodução Internet)
(Foto: Reprodução Internet)

Segundo informações publicadas recentemente por Leo Dias, Marrone estaria sendo processado pelo empresário Eurismar Aparecido Ferreira, um ex sócio, sob acusações de um calote milionário no valor de R$ 1,5 milhões. O processo corre na Justiça e, segundo o colunista, o sertanejo deveria esse valor após desfazer uma sociedade com Eurismar na churrascaria Favo de Mel, em Goiânia (GO).

Após o fim da parceria, ainda em 2017, os dois teriam entrado em um acordo e Marrone iria comprar a parte do seu ex sócio pelo valor de R$ 750 mil, dividido em duas parcelas, o que não aconteceu. Revoltado, Eurismar decidiu entrar na Justiça contra o parceiro de Bruno e conseguiu penhorar bens do cantor sertanejo, incluindo um jatinho milionário.

Como se já não bastasse o calote, Marrone teria transferido a titularidade do seu jatinho para uma empresa de forma ilegal, mas a aeronave já estava em poder da Justiça, o que gerou ainda mais polêmica. Leo Dias ainda complementa que Eurismar  ficou sabendo do assunto e não deixou barato: entrou com uma nova ação judicial expondo a fraude do cantor sertanejo e pedindo a anulação da transferência de titularidade do jatinho.

A defesa de Marrone chegou a se pronunciar dizendo que o jatinho não estava no poder da Justiça e então poderia ser transferido, e também alegou que Marrone não teria como pagar as despesas processuais devido à crise: “Em razão da pandemia, a atividade laboral do embargante (Marrone) foi diretamente comprometida, o que consequentemente refletiu em seus rendimentos mensais”.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais