Manoel Poladian ataca Gusttavo Lima e compara com a banda RPM

0
972
Manoel Poladian ataca Gusttavo Lima e compara com a banda RPM (Foto: Arte Movimento Country)
Manoel Poladian ataca Gusttavo Lima e compara com a banda RPM (Foto: Arte Movimento Country)

O maior empresário do show business brasileiro, Manoel Poladian compara sucesso de Gusttavo Lima com RPM e declara: “Não precisam sacrificar boi”

Após alegar que sertanejos investem em carreira para se aparecer, o maior empresário do show business brasileiro, Manoel Poladian, deu entrevista aos especialistas do sertanejo no podcast do EnterHits e alegou que Gusttavo Lima não chega aos pés de faturamento em shows da banda de rock RPM, mesmo o sertanejo ter conquistado cerca de R$100 milhões em sua turnê internacional, recentemente.

Gusttavo Lima está disparado em faturamento dentro do meio sertanejo. O cantor além de conquistar milhões com as lives sertanejas que realizou desde o início da pandemia, impedido de realizar shows em território nacional, aposta na carreira internacional com turnê que será realizada nos Estados Unidos a partir do próximo ano.

Assuntos Relacionados 

No entanto, o empresário Manoel Poladian, que gerenciou carreiras como Titãs, Rita Lee e os artistas internacionais David Bowie e Sting, esteve em entrevista exclusiva com o radialista Enio Silvério e o produtor musical Reinaldo Barriga, no podcast do EnterHits. Poladian comentou que a banda RPM fez história no rock nacional e que nenhum sertanejo conseguiu alcançar o sucesso estrondoso que eles fizeram.

Em determinado momento da entrevista, Poladian comparou os sertanejos com RPM e disse que nenhum chegou aos pés da banda: “Mas eles foram o maior faturamento de banda de rock da história do Brasil. Nem Gusttavo Lima, nem Jorge e Mateus fizeram o que eles fizeram, e tudo na raça. Eram eles mesmos, era só RPM. Não precisamos sacrificar boi, a gente vai lá e faz o show sem boi mesmo”, comentou.

Assista a entrevista na íntegra:

Manoel Poladian acusa sertanejos de investirem para se aparecer

(Foto: Jotabê Medeiros)
(Foto: Jotabê Medeiros)

Recentemente, muito se fala dos números incríveis e carreiras brilhantes de grandes cantores, sobretudo, sertanejos. Com o anúncio de uma turnê nos Estados Unidos e a venda de shows de Gusttavo Lima por R$100 milhões, o músico se enquadra dentre os artistas que segundo Manoel Poladian, o maior empresário de show business do país, aumentam a importância de algumas ocasiões da própria carreira para terem um espaço precioso garantido na mídia.

Em entrevista ao Podcast Enterhits para o radialista Enio Silveiro e o produtor musical Reinaldo Barriga, ele que trabalhou com grandes nomes como Elis Reginha e Ney Matogrosso, opinou sobre os últimos anúncios da carreira Gusttavo Lima ao ser questionado por Enio e afirmou que “há muito blefe” hoje em dia.

“Hoje eu ponho em dúvida essas compras, sobretudo de um fundo que não tem interesse profissional, e neste meio a coisa é um pouco mais informal do que o fundo necessita. Há muito blefe no mercado hoje, sobretudo no sertanejo, em que se blefam patrocínios e outras ações para poder aparecer na mídia”, declarou Manoel Poladian.

Confira o vídeo completo no canal do Enterhits no Youtube: