Notícias Sertanejas Músicos entram em desespero após serem despedidos por Luan Santana em plena...

Músicos entram em desespero após serem despedidos por Luan Santana em plena pandemia

Luan Santana demite funcionários em plena crise pandêmica (Foto: Reprodução Rede Globo)
Luan Santana demite funcionários em plena crise pandêmica (Foto: Reprodução Rede Globo)

Sem lucros devido à falta de shows, Luan Santana toma atitude drástica e demite todos seus funcionários em plena crise pandêmica. Cantor se justifica

A crise pegou mais um! Artista mais tocado da década, Luan Santana foi um dos grandes prejudicados pela falta de shows, que tem trazido prejuízos milionários para os sertanejos, seguiu os passos de Marília Mendonça e demitiu todos os seus funcionários em plena pandemia. Após duras críticas, o cantor se justificou por meio de uma nota oficial.

Acompanhe as últimas notícias do Movimento Country no Instagram

A pandemia está afetando o mundo sertanejo e forçando os cantores a tomarem atitudes drásticas. Depois de Marília Mendonça, que demitiu todos seus 30 funcionários devido à crise, Luan Santana é a “bola da vez” das demissões, pegando todos de surpresa ao anunciar a demissão em massa de seus funcionários. A atitude veio mesmo com o sertanejo sendo um dos artistas mais cobiçados para as lives sertanejas. Além dos citados, outros nomes tomaram a mesma atitude: Gustavo Mioto, George Henrique e Rodrigo e mais também despediram seus funcionários. Em todos os casos, os cantores não foram perdoados e detonados na internet.

Segundo informações da colunista Fábia Oliveira, as demissões foram estratégicas para que os funcionários do cantor pudessem ter acesso aos direitos trabalhistas para se manter na crise. Luan Santana demitiu toda sua banda, equipe técnica e de produção que atua nas estradas, visto que estão parados pela falta de shows.

O cantor de “Asas”, que prepara sua turnê em drive-in e compete com Gusttavo Lima para ser o primeiro grande artista brasileiro a realizar shows no novo formato, deve trabalhar com playback e bases nas músicas, assim descartando a presença de sua banda para reduzir drasticamente os custos da sua turnê.

Embora as informações sejam de que os funcionários serão recontratados após o período pandêmico, com a volta dos shows, os internautas não perdoaram a atitude do cantor e detonaram nas redes sociais. Uma das maiores justificativas dos usuários é que os ganhos com a rescisão de contrato, seguro desemprego e afins são temporários, e não devem suprir as necessidades dos funcionários, já que os shows normais devem voltar apenas no próximo ano.

Luan Santana se pronunciou sobre a atitude e soltou uma nota oficial por meio de sua assessoria de imprensa. Confira detalhadamente abaixo.

Leia também

Cantor se Pronuncia após ser Detonado 

(Foto: Instagram)
(Foto: Instagram)

Luan Santana usou sua assessoria de imprensa para se pronunciar e justificar as demissões:“Em razão da pandemia decorrente do novo coronavírus e da paralisação dos shows por tempo indeterminado, os departamentos jurídico e administrativo de Luan Santana concluíram pela necessidade de encerrar os contratos com sua equipe de estrada, que envolve banda, técnicos e produção”.

“Foram dispensados cerca de 20 colaboradores, que eram devidamente registrados e recebiam de acordo com a CLT. Foram garantidas todas as remunerações da equipe até 05 de agosto de 2020 e os acertos rescisórios compreendem todos os direitos previstos em lei, tais como férias, 13º salário, multa de 40% sobre o FGTS e entrega da documentação necessária para habilitação dos colaboradores no programa do seguro desemprego”.

– Siga o Movimento Country: Google News | Instagram | Twitter | YouTube | Facebook

A nota de Luan Santana ainda ressalta o tempo de trabalho que os funcionários continuaram contratados mesmo após os prejuízos e garante que vai priorizar a recontratação dos demitidos quando tudo se normalizar: “Vale ressaltar que Luan Santana manteve a equipe de estrada por cinco meses, apesar da total paralisação dos shows e da queda drástica de faturamento. E, com a esperança e o desejo de que o mercado artístico-musical se normalize o mais rápido possível, informa o intuito de priorizar futura recontratação de pessoas que já integram sua equipe”, concluiu.

SEM COMENTÁRIOS