O maior site sertanejo do Brasil

Saiba o que o cantor Luan Santana gostaria fazer se não fosse famoso

0 35

Durante entrevista ao jornal Extra, Luan Santana revelou que depois que ficou famoso não consegue mais sair às ruas sem ser reconhecido, e revela o que gostaria de fazer novamente.

Completando 10 anos de carreira e prestes a estrear no comando do programa “So Toca Top” da Globo, Luan Santana revelou em entrevista ao jornal Extra, o que gostaria de fazer novamente nas ruas.

Clique aqui e concorra à 1 iPhone X

Faz dez anos que não vou à padaria. Nunca mais fui depois que fiquei famoso. Se tivesse um dia de anônimo, a primeira coisa que eu faria seria comprar pão de queijo“, confidenciou o cantor, em entrevista ao jornal Extra.

Ciente de que paga o preço por se tornar conhecido ao ocupar o topo das paradas musicais há uma década, Luan acumula 65 prêmios musicais, 31 hits em primeiro lugar nas rádios ao longo da carreira, mais de 17 milhões de fãs em redes sociais, como o Instagram, e um patrimônio material avaliado em cifras milionárias.

Receba as últimas notícias sertanejas pelo seu Messenger

A partir do dia 14, Luan divide o microfone de apresentador do programa SóTocaTop, nas tardes de sábado da TV Globo, com  Fernanda Souza. Fora do trabalho, os dois conversam sobre assuntos que vão de perfumes (um “vício” declarado do sertanejo) a tratamentos psicoterápicos.

O namoro com Jade Magalhães, de 25 anos,  vai muito bem.

“Ela vem para a minha casa, fica nos dias em que não vai ter aula na faculdade, e segunda-feira volta para o Paraná. A gente tenta se ver toda semana”, contou ele à publicação.

A base do namoro de Luan com a estudante de Moda foi construída há tempos. Os dois se conheceram ainda na época de colégio e, entre idas e voltas, já contam dez anos de relacionamento. Mesmo assim, ele diz que ainda é cedo para falar em casamento.

Confira a agenda de shows dos maiores artistas sertanejos

“Eu digo que ela tem que focar na faculdade agora. A mulher vive um tempo muito importante na história da humanidade. Antes de a gente se casar, é imprescindível ser independente. Primeiro, o que tem que acontecer é isso. Eu já sou independente, com a graça de Deus. Ela quer abrir uma marca, e acho que tem que investir nisso mesmo. Ajudarei do jeito que for. Quando os dois estiverem com uma independência legal, aí a gente se junta”.

 

Comentários
Loading...