Início Notícias Sertanejas Live sertaneja é interrompida pela polícia após promover aglomeração

Live sertaneja é interrompida pela polícia após promover aglomeração

0
61
Live sertaneja é interrompida pela polícia após promover aglomeração (Foto: Reprodução/Divulgação)
Live sertaneja é interrompida pela polícia após promover aglomeração (Foto: Reprodução/Divulgação)

A equipe de fiscalização de Aparecida de Goiânia (GO) flagrou e interditou um grande evento decorrente da live sertaneja de Felipe Ferraz

Na última sexta-feira (23), uma equipe de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente juntamente a Guarda Civil de Aparecida de Goiânia (GO) interditaram o evento onde era realizada uma live do cantor sertanejo Felipe Ferraz. Não é a primeira vez que autoridades precisam barrar artistas do meio sertanejo que promovem aglomerações.

Além de estarem presentes 130 pessoas, o que vai contra as instruções da Organização Mundial da Saúde neste momento de pandemia, o local não era autorizado pra ser palco desse tipo de evento. Todas as pessoas foram multadas por não utilizarem máscara bem como, qualquer outro tipo de higienização adequada.

A interdição ocorreu após uma denúncia anônima. O cantor declarou que desconhecia o fato do lugar estar interditado e também não acredita que o número de convidados tenha chegado a 130 pessoas. “A equipe era formada por 15 pessoas e cerca de 30 patrocinadores foram convidados. No local, todos usavam máscara”, alegou ele.

Assuntos Relacionados

No entanto, Felipe Ferraz chegou a aparecer em seu Instagram sem o acessório de proteção e ainda, convidando seguidores para acompanharem a live sertaneja. A multa aplicada foi em torno de R$110 por pessoa e as autoridades fizeram questão de frisar que eventos de qualquer natureza continuam suspensos devido a nova portaria que revela o avanço da pandemia na cidade.

Dupla sertaneja tem gravação de DVD interrompida pela polícia

(Foto: Reprodução/Instagram)
(Foto: Reprodução/Instagram)

A dupla sertaneja Fabrício e Henrique, que tem como membro Fabrício Marques, ex namorado de Maraisa, teve a gravação de um DVD interrompida pela polícia em Goiânia recentemente, por promover aglomeração no momento em que a pandemia atinge números recordes no Brasil.

De acordo com informações divulgadas pelo G1, uma denúncia levou a polícia de Goiânia ao The Rock Steak House, onde iria acontecer a gravação de um DVD da dupla Fabrício e Henrique clandestinamente para 50 pessoas. Segundo a denúncia, o público teria sido levado de ônibus para o local, para evitar o estacionamento de carros próximo ao local e assim despistar a polícia.

A festa foi interditada minutos antes de começar e, segundo o diretor da Vigilância Sanitária de Goiânia, várias pessoas já estavam aglomerando e bebendo no local. A boate foi interditada e multada em quase R$ 15 mil por desrespeitar os decretos da cidade. Em nota, a assessoria de imprensa de Fabrício e Henrique declarou que a gravação contaria só com 20 pessoas da equipe e que todos teriam sido devidamente testados contra a Covid-19 e o local esterelizado.