Cantor sertanejo tem show clandestino interrompido pela polícia e valor da multa choca

O cantor Israel Novaes se apresentava em um bar quando foi surpreendido pela polícia com mandato de fechamento do local e multa

O cantor sertanejo/de arrocha Israel Novaes, conhecido pelo sucesso “Vem Ni Mim Dodge Ram“, teve seu show em um bar interrompido pela polícia na noite deste sábado (23) após irregularidades no local. O valor da multa recebida chocou o público local.

Confira as notícias do Movimento Country no YouTube

Segundo o Portal Patos Notícias, o cantor sertanejo se apresentava em um bar na cidade de Prefeitura de Patos de Minas, em Minas Gerais, quando a polícia interrompeu o local com mandato de fechamento do bar e deixou os presentes chocados.

Marcela Porto, coordenadora da Vigilância Sanitária da cidade, alegou que o motivo do fechamento era o descumprimento do distanciamento das mesas do local. Na intervenção, os policiais mandaram fechar o local e os presentes tiveram que consumir as bebidas e comidas imediatamente, pagar a conta e ir embora.

Ainda, segundo o site, algumas pessoas estavam em pé e não faziam o uso de máscara. A polícia determinou o fechamento do local por 15 dias e aplicou uma multa de R$ 400,00 ao dono do estabelecimento. Apesar de estar se apresentando no local, o cantor Israel Novaes não foi penalizado.

Leia também

Sertanejos exigem volta de shows, mas desaprovam vacina

Desde que a pandemia começou a assolar o mundo sertanejo, a falta de shows se tornou um dos maiores problemas para os artistas. Com prejuízos milionários, tiveram que apelar para as lives, mas viram seus lucros decaírem após uma série de polêmicas que acabou afastando os telespectadores.

A partir daí, a volta dos shows virou figurinha repetida na boca de artistas como Gusttavo Lima, César Menotti e Fabiano e Naiara Azevedo, que chegou a ameaçar Bolsonaro cobrando uma atitude. As vontades não foram satisfeitas e isso gerou grande pressão na classe artística, que passou a fazer, muitas vezes, shows clandestinos para voltar a ter seus lucros e ostentações.

Ouça os principais lançamentos sertanejos no Spotify

O curioso é que, desde que a vacinação contra a COVID-19 virou pauta no Brasil, tais artistas se calaram e não prestaram apoio à população em nenhum momento, o que obviamente gerou revolta em boa parte da massa.

Nas redes sociais, uma série de internautas esbravejou contra os interesses dos sertanejos, que só pensam no próprio umbigo e não tem um pingo de respeito com a população e mortes pelo vírus, e não fazem sequer questão de se retratar por isso.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais