Homem vende Fusca para realizar sonho na Festa do Peão de Barretos

26

Conheça a história de um homem apaixonado pelo mundo dos rodeios que vendeu seu fusca para conhecer a Festa do Peão de Barretos e acabou se tornando um empresário.

Um Fusca ano 1973 e muita ousadia foram os combustíveis necessários para Olívio Martins, 50 anos, se lançar em busca da realização de um sonho. Em 2004, após curtir o primeiro final de semana da Festa do Peão de Barretos, Olívio que trabalhava com piscinas na pacata Ipiguá-SP e tinha como hobby confeccionar botas com couros de avestruz, decidiu vender o Fusca para garantir um pequeno espaço dentro do Parque do Peão e expor suas criações.

Você acompanha tudo o que acontece na Festa de Barretos pelo nosso Instagram: @movimentocountry e pelo Twitter @mcountry

Acompanhe as últimas notícias em nossa Fanpage

“Não foi fácil, não tinha comprador. Eu tinha um estoque de 20 botas e o Fusca que peguei por uma dívida. O carro valia em torno de R$ 2,5 mil na época, meu vizinho me ofereceu mil, não pensei duas vezes, peguei o dinheiro e parti pra Barretos”, contou Olívio.

De Fã à empresário

A aposta foi certeira e ele voltou sem o carro, mas também sem botas. “Meu pai ficou doido comigo porque eu vendi o Fusca por um valor menor do que ele valia. Mas quando voltei de Barretos com dinheiro no bolso ele ficou bem feliz. ‘Isso aí dá dinheiro mesmo, pensei que você era louco’, foi o que ele me disse”, explicou Martins.

VEJA TAMBÉM: Confira a programação completa da Festa do Peão de Barretos 2019

O sucesso foi instantâneo, logo as botas produzidas por Martins caíram nas graças dos grandes nomes da música sertaneja e artistas do país. “Muita gente gostou, o reconhecimento ficou ainda maior com a novela América (2005) da Rede Globo, já que todos os protagonistas usaram minhas botas”, disse.

Após o primeiro passo muita coisa mudou. O hobby se tornou profissão, hoje, Olívio tem duas lojas, uma fábrica e seis funcionários, tudo para garantir uma produção de cerca de 100 botas por mês. “As encomendas não param, isso é bom claro. Minha maior alegria hoje é ter proporcionado uma vida bem melhor aos meus pais”.

Expositor na Festa do Peão de Barretos há 15 anos, Olívio tem novidades para a 64ª edição da Festa. “Consegui comprar o Fusca de volta, paguei mais que os mil reais, mas era uma vontade enorme ter ele de volta. Este ano ele estará exposto no meu espaço enfeitado com mais de R$ 300 mil em botas”, contou.

Em termos de botas, vêm novidades por aí também. Uma criação com couro especial e cheia de brilhantes com preço em torno de R$ 100 mil. “São 11 metros de couro de Phyton, pigmentada artesanalmente e ornamentada com ouro, brilhantes e pedras brasileiras”, explicou Martins.

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.