Após abandonarem a Som Livre, Henrique e Juliano detonam a gravadora, expõem golpe e verdade vem à tona

Henrique e Juliano abrem o jogo sobre a Som Livre, expõem golpe da gravadora em sua carreira e detonam após falência: “Não tinha liberdade”

Após abandonarem a Som Livre e consagrarem “Liberdade Provisória” como a música mais tocada de 2020 na Deezer, Henrique e Juliano abriram o jogo e detonaram sua ex gravadora, que passa por problemas financeiros e será vendida aos boatos de falência.

Siga o Movimento Country no Instagram

Em uma entrevista ao colunista Leo Dias, a dupla sertaneja falou sobre sua carreira e aproveitou para ressaltar o quanto a Som Livre ajudou sua música a chegar ao público, mas foram sinceros ao admitir que não viviam apenas de coisas boas.

Segundo Henrique, a primeira voz da dupla com Juliano, existiam cláusulas desconhecidas que a Som Livre colocou em seus contratos, o que acabou impossibilitando eles de romper o contrato facilmente. O sertanejo ainda ressaltou que não tinham liberdade para fazer suas escolhas, e que os bastidores da gravadora eram insuportáveis:

“Quando a gente terminou o nosso contrato, a gente viu que não eram cinco anos. A gente viu que existiam clausulas que perduravam. O último disco. Não tinha liberdade. Terminou o nosso contrato e agora estamos livre. Então não é ‘som livre”, disparou.

Leia mais

Dupla foi a mais tocada de 2020 na Deezer

(Foto: Internet)
(Foto: Internet)

Liberdade Provisória“, de Henrique e Juliano, foi a música sertaneja mais ouvida do Brasil em 2020. A dupla é um fenômeno na Deezer: são o segundo artista sertanejo mais ouvido do Brasil, e, no ranking geral mundial, estão entre os 10 mais ouvidos.

Siga o canal do Movimento Country no YouTube

O ranking dos sertanejos tem a liderança conquistada pela patroa Marília Mendonça, e conta também com o embaixador Gusttavo Lima, Zé Neto e Cristiano e Jorge e Mateus. O feminejo segue bem representado, e, além de Marília Mendonça, Maiara e Maraisa também estão entre os 10 mais ouvidos.

Entre as músicas, claro que a sofrência marcou presença, aliás, a protagonista: “Graveto”, de Marília, foi a segunda mais ouvida, seguida de “A gente fez amor”, de Gusttavo Lima, que canta momentos de remember. “S de saudade”, de Luíza & Maurílio com Zé Neto & Cristiano, também ficou no top 5, mostrando que nem todo “Sextou” é acompanhado somente de alegria.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais