Gusttavo Lima volta atrás e anuncia última live sertaneja antes de turnê internacional

Gusttavo Lima voltou atrás da decisão de dar por encerradas as lives e apresentará seu último show virtual para o público no próximo mês

O cantor sertanejo Gusttavo Lima, que sairá em turnê internacional pelos Estados Unidos em agosto, dará o ar da graça ao público brasileiro mais uma vez em um último show virtual, que será apresentado pelo artista. Ele, que havia deixado as transmissões remotas no passado, afirmando estar focado em novos projetos, acabou aceitando participar de uma nova live em parceria com a montadora de automóveis Mitsubishi.

Em entrevista recente ao colunista Leo Dias, ele chegou a afirmar que “fez muita coisa legal durante a pandemia, mas optou por não fazer mais lives” e que “queria focar nos projetos, se dedicar ao novo DVD e se empenhar nos próximos lançamentos”. Agora, o mesmo jornalista confirmou que o novo show virtual acontecerá em Brasília, no dia 10 de julho e a atração será comandada por Luis Bacci.

Assuntos Relacionados

Em uma última aparição nessa forma de interação com o público, que se expandiu durante a pandemia e garantiu bolada para artistas, Gusttavo Lima estará mais próximo da viagem que fará aos EUA, onde gravará um novo DVD, mais especificamente em Boston, Massachussets.

Compositor ameaça deixar Gusttavo Lima na sarjeta

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Gusttavo Lima, que está cotado para se apresentar na estreia de Faustão na Band e estava planejando comprar uma ilha milionária em Angra dos Reis após vender seus shows de 2022 por R$ 100 milhões, pode perder uma verdadeira fortuna para compositor.

Com o nome no SPC após ser vítima de golpe, o cantor sertanejo tem mais uma preocupação: ele foi acusado de plágio pelo compositor Fábio Basílio de Freitas na música “Saudade Sua“. Em entrevista ao Domingo Espetacular, o compositor alega que processa Gusttavo Lima em R$ 80 milhões e ameaça deixar o cantor sertanejo na miséria se ganhar a quantia no processo judicial.

O advogado de Fábio alega que Gusttavo Lima tentou interromper o processo oferecendo apenas R$ 20 mil referentes aos direitos da música. No entanto, procurado pela reportagem, o advogado do cantor sertanejo negou as acusações de plágio e ameaçou processar o compositor por difamar a imagem do Embaixador:

“Não houve plágio. Temos absoluta certeza que os compositores não plagiaram a ideia. É totalmente absurdo esse valor de causa. Entendemos que é um absurdo, fez isso para chamar atenção e difamar a imagem do Gusttavo. Haverá também o pedido de reparação de danos”, declarou na entrevista.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais