Gusttavo Lima é processado por plágio após roubar música de compositor e pode perder fortuna

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

O cantor Gusttavo Lima pode perder R$ 80 milhões após ser acusado de plágio por compositor, que expôs um golpe do sertanejo na TV

Mais uma polêmica! Após ser vítima de estelionato recentemente, Gusttavo Lima se envolveu em mais uma grande confusão com um compositor e está sendo processado em R$ 80 milhões por plágio na música “Saudade Sua“, um dos seus maiores sucessos. O sertanejo pode perder uma verdadeira fortuna dependendo do resultado da guerra judicial.

De acordo com uma reportagem do Domingo Espetacular, o compositor Fábio Basílio de Freitas alega ser o verdadeiro autor de “Saudade Sua”, com título original de “Fundo do Poço“. Em entrevista ao programa, Fábio alega que chegou a oferecer a música para Gusttavo Lima em 2018 por R$ 100 mil, dois anos antes dela ser lançada, mas o cantor sertanejo não se interessou pela canção e simplesmente sumiu.

Foi aí que, em 2020, Fábio ouviu “Saudade Sua” em uma rede social e julgou ser cópia da sua música que foi oferecida ao cantor, lançada sem autorização: “Eu vi 20 segundos e falei: ‘Não, essa é minha música’, aí eu entrei em contato com ele no mesmo telefone que ele me ligou e expliquei sobre o plágio e modificação (que não podia), ele me perguntou qual música e eu falei ‘Saudade Sua’. Aí ele me bloqueou”, disparou.

O advogado do compositor afirma que antes de entrar com o processo na Justiça, eles já haviam entrado em contato com Gusttavo Lima, que ofereceu R$ 20 mil pelos direitos da música. A oferta foi recusada “por ser uma falácia” e agora o cantor sertanejo pode perder R$ 80 milhões por causa do processo.

Assuntos Relacionados

Em entrevista ao Domingo Espetacular, o advogado de Gusttavo Lima se pronunciou e revelou que o valor do processo é um absurdo e que o artista tem como provar ser inocente perante a Justiça. O programa da Record TV encontrou em contato com os compositores creditados na música, que alegaram terem se esforçado muito na composição e que não têm conhecimento da versão de Fábio Basílio. O processo corre em segredo na Justiça.

Gusttavo Lima é vítima de estelionato ao tentar comprar carro

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Gusttavo Lima, que ostenta fazenda milionária de R$275 milhões e celebrou a venda de seus ingressos para turnê internacional em 2022, descobriu ser vítima de estelionato e teve suas contas bancárias restringidas. As informações são do colunista Alessandro Lo-Bianco.

O caso aconteceu quando o cantor foi efetuar a compra de um carro novo em uma concessionária e teve o pagamento negado por estar com o nome negativado. Gusttavo Lima foi pego de surpresa, e descobriu que estava com restrições em instituições financeiras como o Banco Central e o Serasa e devendo em três cartões de créditos diferentes.

Gusttavo Lima pediu para que a concessionária averiguasse o extrato bancário e descobriu que o seu CPF foi usado para realizar inúmeras compras no nome do sertanejo. O que foi revelado é que a carteira de motorista foi utilizado como documentação para abrir as contas bancárias e que os dados eram os mesmos do cantor, mas que tinha a foto de outra pessoa.

Segundo uma nota emitida pela assessoria jurídica de Gusttavo Lima após a confusão, as devidas providências já foram tomadas e o caso vai acabar na Justiça. As contas digitais do cantor sertanejo foram canceladas, bem como as pendências com os estabelecimentos.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais