Gusttavo Lima sofre duro golpe e pode deixar novos projetos para 2021

0 107

O cantor sertanejo Gusttavo Lima foi surpreendido com a notícia dos cancelamentos de shows e pode deixar a realização do seu grande sonho para 2021

Gusttavo Lima ficou transtornado com a notícia da quarentena e do cancelamento dos seus shows nos próximos meses. O pai de Samuel e Gabriel já tinha anunciado a realização do seu mais novo projeto Embaixador In Concert‘, que seria gravado em em São Paulo.

Siga o Movimento Country no Instagram e acompanhe as principais notícias

No entanto com a pandemia do coronavírus o sertanejo se viu obrigado a cancelar o projeto e não sabe se conseguirá realizar ainda este ano. Outro assunto que deixou o sertanejo arrasado, foi o fato de não poder ser o “Embaixador” da Festa do Peão de Barretos pela terceira vez.

O anuncio que seria feito oficialmente no mês de abril, foi adiado pela organização da maior festa do peão da América Latina, que corre o risco de também ser cancelada. A apresentação do sertanejo já estava confirmada na programação do Rodeio de Barretos no dia 20 de agosto, sábado.

No entanto, o Gusttavo continua sendo assediado pela Record TV para comandar um especial de ano na TV de Edir Macedo. A emissora da Barra Funda deseja transformar o “embaixador” no novo Roberto Carlos.

Record quer Gusttavo Lima na programação

Não é de hoje que a emissora da Barra Funda vem pensando em criar seu próprio núcleo sertanejo para seus programas e show. Gusttavo Lima disponta como um dos principais nomes que a emissora quer em seu casting.

Na eterna briga com a Globo, a Record TV começou a estudar no final de 2018 a viabilidade de criar o seu próprio festival sertanejo gerenciado pela Record Entretenimento. A ideia é criar um festival aos moldes do Villa Mix e e Festeja.

Após a crise entre os artistas da Som Livre com a gravadora, a Record começou a redesenhar seus projetos para 2020. Um deles é criar o seu próprio “Show da Virada” com Gusttavo Lima, transformando ele em o novo “Roberto Carlos”.

Além disso, a ideia surgiu após o desentendimento do cantor com a Som Livre, que pertence ao grupo Globo. Além disso, gravadora dos “Marinhos” deve sofrer outras baixas na música sertaneja o que deve fortalecer ainda mais a Record TV

Deixe uma resposta