Gusttavo Lima se apresenta em festa de chefe de quadrilha e recebe intimação da Justiça

Gusttavo Lima se envolveu em um verdadeiro escândalo após parceria com foragido pela Justiça e terá que prestar contas nos tribunais

Gusttavo Lima está envolvido em mais uma polêmica com a Justiça após ser acusado de plágio por compositor, que prometeu deixá-lo na miséria e tirar fortuna de seu bolso. Agora uma apresentação no Copacabana Palace em maio, que reuniu 500 pessoas e promoveu aglomeração, que tira o sono do cantor. O motivo? O organizador é um líder de quadrilha foragido da Justiça.

Segundo informações do G1, a festa era para celebrar o aniversário de Adilson Oliveira Coutinho Filho, conhecido como Adilsinho. O criminoso é o principal foragido da polícia, ao lado do irmão, na Operação Fumus, uma quadrilha que impunha a venda de cigarros no Rio de Janeiro e constantemente usava violência.

1ª Vara Especializada de Crime Organizado, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, deu 20 dias para os cantores presentes na festa a se explicarem perante a Justiça e detalhar os valores do contrato, com quem negociaram e o quanto receberam dos criminosos para se apresentarem no evento, que ainda gerou aglomeração de 500 pessoas. Entre as atrações, estavam Ludmilla, Mumuzinho, Alexandre Pires, Dudu Nobre e o cantor sertanejo Gusttavo Lima, que recentemente foi vítima de estelionato.

Assuntos Relacionados

O Copacaba Palace, estabelecimento que sediou a festa, já havia sido multado em quase R$ 15 mil por infração gravíssima contra as leis sanitárias do Rio de Janeiro, e interditado por 10 dias. Na ocasião, os cantores presentes não sofreram nenhuma penalização e foram detonados na internet.

Compositor ameaça deixar Gusttavo Lima na sarjeta

(Foto: Reprodução/Divulgação)
(Foto: Reprodução/Divulgação)

Gusttavo Lima, que está cotado para se apresentar na estreia de Faustão na Band e estava planejando comprar uma ilha milionária em Angra dos Reis após vender seus shows de 2022 por R$ 100 milhões, pode perder uma verdadeira fortuna para compositor.

Com o nome no SPC após ser vítima de golpe, o cantor sertanejo tem mais uma preocupação: ele foi acusado de plágio pelo compositor Fábio Basílio de Freitas na música “Saudade Sua“. Em entrevista ao Domingo Espetacular, o compositor alega que processa Gusttavo Lima em R$ 80 milhões e ameaça deixar o cantor sertanejo na miséria se ganhar a quantia no processo judicial.

O advogado de Fábio alega que Gusttavo Lima tentou interromper o processo oferecendo apenas R$ 20 mil referentes aos direitos da música. No entanto, procurado pela reportagem, o advogado do cantor sertanejo negou as acusações de plágio e ameaçou processar o compositor por difamar a imagem do Embaixador:

“Não houve plágio. Temos absoluta certeza que os compositores não plagiaram a ideia. É totalmente absurdo esse valor de causa. Entendemos que é um absurdo, fez isso para chamar atenção e difamar a imagem do Gusttavo. Haverá também o pedido de reparação de danos”, declarou na entrevista.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais