Gusttavo Lima diz que apesar de apoiar Bolsonaro não discrimina fãs gays

Gusttavo Lima afirma que apoia Bolsonaro, mas não discrimina Gays
0 432

Gusttavo Lima deu uma declaração polêmica e afirmou que apesar de apoiar Jair Bolsonaro, não descrimina fãs gays

Em entrevista ao Jornal Extra, o cantor Gusttavo Lima falou sobre sua família e a relação que tem com seus fãs. O artista faz algumas revelações, entre elas que no momento descartar ter mais filhos. “Dois está bom. Quem sabe mais pra frente, a gente tenta mais algum ou alguns”, brinca.

Questionado sobre seu apoio declarado ao atual pretendente, Gusttavo Lima garante que, apesar de apoiar Jair Bolsonaro (PSL), conhecido por suas polêmicas declarações homofóbicas, não acredita que seu posicionamento ofenda parte de seus fãs.

Graças a Deus tenho um diálogo bem aberto com meu público, então as pessoas sabem que, mesmo defendendo a bandeira da família, jamais descriminaria um fã por conta de gênero. Pra mim, o que importa é o amor e o respeito”, resume.

O cantor ainda adiantou seus próximos passos. “Além dos trabalhos do novo DVD, tenho gravado alguns singles em espanhol. Acho que composições latinas serão algo diferente, apesar do meu foco não ser em uma carreira internacional”, conta.

Gusttavo Lima É Condenado A Pagar Quase R$ 10 Milhões Pode Ter Bens Penhorados

Gusttavo Lima desrespeitou a justiça e pode ter bens penhorados
Gusttavo Lima desrespeitou a justiça e pode ter bens penhorados

O sertanejo foi condenado em primeira instância a pagar uma multa referente ao processo aberto pelo músico português Ricardo Landum, autor de uma faixa cantada por ele.

Gusttavo Lima já havia sido proibido de executar, comercializar, divulgar e executar a música Que Mal te Fiz Eu , porém, mesmo após a decisão judicial, o cantor continuou cantando a faixa. Além disso, a versão cantada pelo sertanejo continha alterações, o que por lei, também havia sido vetado.

Leonardo Honorato, advogado de Ricardo Landum, explicou que mesmo após a condenação Gusttavo, a Som Livre (gravadora do cantor) e a Balada Eventos (empresa do sertanejo) entraram com embargos para esclarecer alguns pontos que não foram detalhados pela Juíza  Maria Cristina de Brito Lima, da 6ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.