Cantor Genival Lacerda morre aos 89 anos vítima de Covid-19

0

Ícone do forró, Genival Lacerda travou uma verdadeira luta pela vida na UTI, mas não resistiu após complicações da Covid-19

O cantor e compositor de forró Genival Lacerda morreu nesta quinta-feira (07), em Recife, após sofrer complicações da Covid-19. O cantor estava há mais de um mês lutando pela vida na UTI, mas não resistiu e vejo a óbito.

Confira as notícias do Movimento Country no YouTube

Internado desde o dia 30 de novembro no Hospital Unimed I, na capital pernambucana, o cantor foi levado pela UTI após testar positivo para a Covid-19 e ter uma piora significativa em seu estado de saúde.

Genival Lacerda voltou a ficar em estado gravíssimo na última segunda-feira (04), após complicações da doença e uso de aparelhos respiratórios para sobreviver, conforme boletim médico emitido pela família.

Ainda ontem (06), a família começou uma campanha de doação de sangue para o cantor, mas ele não resistiu e veio a óbito na manhã desta quinta. A informação da morte de Genival Lacerda confirmada pelo seu filho, João Lacerda.

Leia também

Ícone do forró, cantor era referência para gerações

(Divulgação)
(Divulgação)

Dono de uma das maiores carreiras do forró, Genival Lacerda colecionou sucessos e popularidade entre o público brasileiro. O cantor lançou seu primeiro disco aos 25 anos e, desde então, construiu uma carreira sólida e duradoura.

Ouça os principais lançamentos sertanejos no Spotify

Conhecido nos palcos pelo seu chapéu branco e as tradicionais dancinhas, Genival lançou mais de 40 LPs em sua carreira e foi um dos principais nomes responsáveis por levar o forró para os quatro cantos do Brasil.

Entre seus principais sucessos, se destacam “Severina Xique-Xique, “Radinho de Pilha”, “Mate o Véio” e “Caldinho de Mocotó”.

Leave A Reply

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy